CONTEÚDO DE BLOG

Satisfação do colaborador: quais os benefícios e como medir

Fato é que a satisfação geral dos envolvidos em uma corporação é extremamente importante para a sucessão da mesma.

Entretanto, muitas empresas ainda direcionam erroneamente o foco da satisfação unicamente ao público, deixando de lado a parte mais importante do processo de trabalho: o colaborador. 

Dessa forma, algumas tomadas de consciência e de incentivo à satisfação do colaborador estão surgindo, com o objetivo de mudar essa realidade e tornar a equipe satisfeita com as condições de trabalho oferecidas. 

Mas, por que é importante investir na satisfação do colaborador? 

Explicaremos essa e outras questões, a partir dos seguintes tópicos: 

  1. Qual a importância da satisfação do colaborador? 
  2. Quais os benefícios de investir na satisfação do colaborador? 
  3. Como medir o nível de satisfação dos seus colaboradores? 
  4. Conclusão 

Para ter o detalhamento dos tópicos acima e entendê-los, basta prosseguir com a leitura do nosso artigo. 

Qual a importância da satisfação do colaborador? 

Como dito anteriormente, o colaborador é parte fundamental do processo de trabalho, viabilizando o mesmo e estando diretamente ligado a qualidade dele. 

Por isso, investir em satisfação do colaborador é fundamental para qualquer empresa que preze pela sua equipe, valorizando e incentivando a mesma de forma constante. 

Além disso, a satisfação do colaborador é fundamental para a sucessão de qualquer empresa, independente do porte da mesma. 

Afinal, colaborador satisfeito é sinônimo de engajamento e dedicação. 

Ao contrário disto, colaboradores insatisfeitos e desmotivados costumam apresentar baixo desempenho de trabalho e assiduidade. 

A exemplo, podemos citar um funcionário com baixo salário, poucos ou nenhum benefício, estresse psicológico e desgaste físico. 

No dia a dia de trabalho, ele se vê cansado, não tem incentivo de recompensa nem mesmo de salário. 

Assim, fica óbvio que o desempenho dele será muito abaixo da sua capacidade, assim como os seus esforços. 

Dessa forma, é fundamental tomar medidas qualitativas e fazer do ambiente de trabalho um local agradável, priorizando a satisfação de colaboradores tanto quanto a satisfação de clientes, tendo em vista que os dois estão diretamente ligados. 

Agora que você já sabe e entende a importância, podemos ir para o próximo tópico do nosso artigo: Os benefícios de investir na satisfação. 

Quais os benefícios de investir na satisfação do colaborador? 

Além dos fatores citados acima, também há benefícios incontestáveis resultantes do investimento na satisfação do colaborador. 

Dentre todos os benefícios existentes, podemos citar como os principais: 

  • Aumento da qualidade do serviço 

A satisfação interfere diretamente na qualidade do serviço, pois um colaborador satisfeito se vê mais engajado e determinado a exercer sua função da forma mais qualitativa possível. 

  • Aumento da produtividade 

A produtividade também aumenta, tendo em vista a capacidade de trabalho elevada. 

Se quiser saber outras maneiras de aumentar ainda mais a produtividade do seu negócio, clique aqui e leia um artigo exclusivo sobre o tema. 

  • Aumento da eficiência 

Decorrente dos dois tópicos acima, a combinação de qualidade mais produtividade gera um aumento de eficiência significativo. 

Dessa forma, o melhor serviço é feito com a menor utilização de recursos possíveis, aumentando significativamente os resultados corporativos. 

  • Redução de demissões e custos de processo 

Obviamente, a satisfação também diminui significativamente a quantidade de demissões e saídas do seu negócio. 

Logo, além de formar uma equipe de funcionários fixos e confiáveis, também há a redução de gastos com admissões e demissões, gerando estabilidade no grupo de colaboradores. 

  • Maior integração das equipes 

O contentamento dos colaboradores também leva a uma maior integração das equipes, as quais passam a ser unidas e engajadas entre si, tendo como base os mesmos princípios.

Mas para isso, lembre-se de ser justo e oferecer as mesmas melhorias para todos os setores, evitando maior benefício de umas sobre as outras e não incentivando a rivalidade. 

  • Redução do estresse 

O estresse é o estado de sentimento mais pertinente nos diversos âmbitos trabalhistas existentes. 

Para muitos, o local de trabalho é uma verdadeira arena de conflitos e emoções ruins, levando a um estado geral de estresse. 

Tal estado é extremamente prejudicial ao colaborador e seu desempenho, podendo acarretar desgastes psicológicos irreversíveis.

Por isso, reduzir o estresse dos funcionários é fundamental. Para isso, conte com a satisfação da sua equipe.

  • Redução das chances de intercorrências e gargalos produtivos 

Decorrente dos benefícios anteriores, os acidentes e os gargalos produtivos também são reduzidos, tornando o processo de trabalho fluido e assertivo. 

  • Redução de faltas 

As faltas e os atrasos recorrentes indicam falta de compromisso e desmotivação, características diretamente ligadas a insatisfação 

Logo, são reduzidas após aumento do nível de satisfação. 

Como medir o nível de satisfação dos seus colaboradores? 

Finalmente, chegamos ao penúltimo ponto do nosso artigo: Como medir o nível de satisfação dos seus colaboradores.

Essa questão é importantíssima para a avaliação da situação atual da sua empresa e das suas equipes, para possíveis melhorias posteriores.

Afinal, de que vale investir na satisfação dos seus colaboradores se não há certeza da eficácia das medidas adotadas nesse processo? 

Por isso, medir o nível de satisfação é tão importante quanto implementar medidas para aumentá-lo. 

Além disso, a avaliação de índices ajuda o RH a ser mais assertivo e objetivo nos propósitos existentes. 

Para medir o nível de satisfação, você pode contar com os seguintes indicadores:

  1. Taxa de turnover e novas admissões 

Analisar os índices de turnover e a necessidade periódica de novas admissões é essencial para avaliar a quantidade de entrada e saída da sua empresa, sejam elas proporcionais ou não. 

Se os dois números estiverem altos, as notícias não são boas e o nível de insatisfação está elevado. 

Com tal constatação, é hora de modificar as condições atuais da sua empresa visando a melhoria das mesmas. 

  1. Análise da produtividade diária 

Como dito anteriormente, a satisfação do colaborador interfere diretamente na produtividade do mesmo. 

Por isso, é interessante analisar diariamente a produtividade de cada colaborador, gerando assim um histórico importante para observar a evolução ou regressão da equipe.

Se há aumento progressivo da produtividade, há comprovação da eficácia nas medidas tomadas 

  1. Análise das faltas e atrasos 

As faltas e os atrasos também demonstram falta de motivação e compromisso, logo, analisar o índice de cada um desses fatores ajuda a entender o nível de comprometimento e satisfação dos seus colaboradores. 

Por isso, análise essas taxas e tente entender as motivações delas, bem como as suas justificativas. 

  1. Índice de satisfação dos funcionários 

Por fim, uma ótima e funcional maneira de medir a satisfação dos seus funcionários é fazendo uma pesquisa e questionando os próprios. 

Para fazer isso de maneira simples e funcional, basta aplicar o ESI (Employee Satisfaction Index). 

Ele consiste na realização de 3 perguntas principais: 

  • “Você está satisfeito com o seu local de trabalho?” 
  • “O quão distante essa empresa está do que você considera ideal?” 
  • “Suas expectativas são atendidas aqui no local de trabalho?” 

Para tornar as respostas fáceis de serem contabilizadas e avaliadas, basta colocar respostas disponíveis de zero a dez. 

Assim, será possível obter uma média geral das três perguntas e analisar o nível em que a sua empresa se encontra. 

Conclusão 

Agora que você chegou ao fim do nosso artigo, esperamos que ele tenha sido útil e suficiente para esclarecer suas dúvidas sobre o tema e te fazer entender a importância da satisfação dos colaboradores, bem como seus benefícios e o modo de medi-los. 

Caso tenha interesse em ler outros conteúdos informativos sobre marketing, vendas, gestão administrativa e pessoas, basta clicar aqui e acessar o nosso blog exclusivo. 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Aproveite a visita para
assinar a nossa newsletter.