CONTEÚDO DE BLOG

Não caia na armadilha da desorganização: invista no planejamento financeiro do seu negócio!

O planejamento financeiro é essencial para o sucesso de um negócio. Neste conteúdo, te mostraremos como alcançar este patamar de maneira promissora e organizada.

O planejamento de uma empresa, quer seja ele estratégico ou financeiro, sempre é um desafio, especialmente para os pequenos negócios. É necessário que o gestor tenha plena consciência que o planejamento faz toda a diferença na hora de decidir se o seu negócio vai decolar ou não.

O planejamento te ajudará a ter uma projeção das receitas e despesas da sua empresa, te ajudando a planejar os seus recursos da melhor forma possível. Dessa forma, você vai conseguir prever quanto investir para o seu negócio crescer cada vez mais e quanto de lucro ele irá gerar.

Caso você não tenha tanta familiaridade em como fazer um planejamento financeiro para sua empresa, continue acompanhando esse blog que te daremos dicas imperdíveis!

O que é planejamento financeiro?

Planejamento financeiro empresarial é um conjunto de ações e ferramentas que buscam entender, organizar e gerenciar os recursos financeiros de uma empresa com o intuito de gerar melhores resultados e determinar os meios necessários para se atingir os objetivos estratégicos de uma organização dentro de um tempo estipulado.

planejamento financeiro descreve cada atividade, recursos e materiais necessários para cumprir um objetivo final fazendo projeções de receitas, despesas e possíveis cenários (pessimista, realista e otimista) que a empresa pode enfrentar durante o cumprimento desse planejamento.

A mesma coisa acontece com as suas finanças pessoais. Ao saber quanto dinheiro você receberá neste mês, se torna mais fácil planejar os gastos com compras de supermercado, reforma na casa, roupas e acessórios. Dessa forma, você consegue organizar seu dinheiro de forma que supra suas necessidades sem ficar no negativo.

Dessa forma, o processo de planejamento das finanças de uma empresa é feito pensando nos gastos, despesas e investimentos que serão feitos de tal maneira que possibilite prever os resultados financeiros futuros e indicar o melhor caminho para ter as metas atingidas. A ideia é suprir as necessidades da empresa, gerando bons resultados e utilizando os recursos da forma mais eficiente possível.

Por que é importante fazer um planejamento financeiro?

O planejamento financeiro não só é importante como é indispensável para qualquer empresa, independente do seu tamanho ou segmento. Você quer ter sucesso no seu negócio? Então você precisa ter uma base sólida financeira que permita sua empresa crescer cada vez mais orientada ao resultado. Sem realizá-lo da forma correta, será difícil tomar decisões estratégicas assertivas no seu negócio.

Dessa forma, o planejamento das finanças vai ajudar o seu negócio a:

  • Analisar e aplicar os investimentos no momento certo;
  • Entender o fluxo de caixa;
  • Avaliar o capital de giro;
  • Analisar riscos;
  • Projetar cenários;
  • Calcular o ROI;
  • Realizar uma alocação inteligente do orçamento;
  • Reduzir de custos dispensáveis;
  • Ter transparência com equipe e possíveis investidores;
  • Identificar oportunidades para otimizar suas atividades, entre outros.

Sendo assim, se você deseja iniciar um negócio ou se a sua empresa não possui um planejamento financeiro empresarial, comece agora mesmo a se organizar com nossas dicas abaixo!

Como fazer um planejamento financeiro para o seu negócio?

Para criar um planejamento financeiro de sucesso para sua empresa, você vai precisar avaliar diversos componentes do seu negócio. Entendendo quanto dinheiro entra e sai do seu fluxo de caixa, quais são os maiores gastos, o quanto seu negócio deseja investir, onde você pode fazer cortes de gastos. Enfim, é preciso analisar as finanças empresariais na totalidade e lembrar que não deve ser um evento único e sim ser repetido periodicamente para ver se o planejamento está sendo seguido da maneira ideal.

Para te ajudar a construir um planejamento financeiro de forma organizada, separamos 7 passos fundamentais que você deve seguir para criar o planejamento financeiro do seu negócio. Confira abaixo!

#01. Faça um levantamento da situação atual da empresa

O primeiro passo para o planejamento financeiro empresarial, deve ser conhecer profundamente o seu negócio, suas limitações e pontos fortes e especialmente compreender como andam as finanças da empresa.

Banner da Rock Convert Esag Jr2

Para isso destrinche todas as características que compõem a sua empresa, considere avaliar o tempo de mercado, entender quais são as ameaças e oportunidades, analisar seu produto ou serviço prestado e seu público-alvo. Considere também o impacto de fatores externos no seu negócio, como por exemplo, a situação econômica do país.

Uma ferramenta que pode te ajudar bastante é a análise SWOT que vai te ajudar a reconhecer todos os pontos do seu negócio e do mercado. Com esses dados em mãos, você conseguirá fazer um planejamento mais efetivo e entender quanto de recurso precisa alocar para o seu negócio surfar nas oportunidades que você identificou na sua análise e quais gastos ele pode cortar para se proteger das ameaças do mercado externo.

#02. Registre tudo em uma planilha

O dia a dia de uma empresa, especialmente uma PME, pode ser muito caótico. São muitos processos para dar conta e novidades sendo geradas a cada minuto, além de poucas pessoas para dar conta de tantas responsabilidades. Por isso, é necessário ter uma boa organização para assim evitar erros que podem comprometer o financeiro da sua empresa.

Por isso, deixe registrado tudo o que é importante para o seu negócio. Registre as movimentações diárias, gastos, planeje seu faturamento e construa os demonstrativos contábeis para você conseguir ter uma visão consolidada do futuro da sua organização.

#03. Defina metas globais

Com o primeiro passo você entendeu melhor a situação da sua empresa, onde ela está. Agora é o momento de definir onde você quer que sua empresa chegue.

É importante começar definindo as metas globais do negócio que vocês desejam alcançar até determinado período. Quanto mais detalhado for essas metas, mais fácil será para acompanhar a evolução desses objetivos e estar preparado para obstáculos que possam surgir no caminho.

Alguns exemplos de metas que sua empresa pode ter são:

  • Abrir uma filial na cidade de São Paulo em 10 meses;
  • Aumentar o faturamento da empresa em 20% num prazo de 12 meses;
  • Lançar o produto x no mercado em até meses;
  • Dobrar o número de clientes em um prazo y, entre outros.

Lembre-se de definir metas que sejam mensuráveis e possíveis de serem alcançadas, mas que não deixem de ser um desafio para o seu negócio.

#04. Crie planos de ação

Partindo das metas que foram elaboradas, é preciso criar os planos de ação para atingi-los. Ou seja, você deve deixar claro os objetivos que precisam ser atingidos e mapear quais ações devem ser feitas para eles serem cumpridos. Crie um cronograma para cada atividade, atribua as responsabilidades de acordo com a competência da sua equipe e documente todas as ações para avaliação futura.

#05. Faça projeção de cenários

Ao fazer um planejamento precisamos estar cientes que imprevistos podem acontecer, e estar preparado para eles é fundamental. Por isso, é importante tentar prever os caminhos da sua empresa nos cenários otimista, realista e pessimista. Para cada um desses cenários, você pode estabelecer planos diferentes para se prevenir de possíveis problemas que surgirem no caminho.

#06. Monte o orçamento anual

Ao ter em mente tudo que você quer para o futuro da sua empresa, é o momento de sentar e detalhar através de um plano orçamentário anual. Esse plano orçamentário é a tradução dos objetivos estratégicos em números.

Ou seja, baseado nas metas e objetivos que você definiu no terceiro passo, é possível montar o orçamento da empresa traduzindo essas metas nos recursos necessários para atingi-los. Dessa forma, sua empresa irá saber quanto precisa faturar, quais custos deve eliminar e quais investimentos podem ser realizados.

#07. Monitore tudo!

De nada adianta prever cenários, metas e controlar seus gastos se você não tiver um acompanhamento claro e rigoroso dos resultados durante o processo. Por isso, é importante monitorar tudo o que está acontecendo para saber se deve continuar ou não com as estratégias realizadas.

Agora que você já entendeu a importância de realizar um planejamento financeiro empresarial e os passos para realizá-lo é a hora de colocar a mão na massa. Boa sorte e um ótimo planejamento!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Aproveite a visita para
assinar a nossa newsletter.