CONTEÚDO DE BLOG

Ideia de Negócio: Veja quais as tendências lucrativas em 2021

Você tem alguma ideia de negócio lucrativa? Nós temos 08! Neste conteúdo te mostraremos como você pode lucrar em um mercado tão competitivo de maneira eficaz!
Por Esag

O cenário tão incomum de 2020 fez com que muitos negócios se reinventassem conseguindo contornar os obstáculos e desafios ao longo do ano. Por isso, os negócios em alta para 2021 são o resultado das experiências vividas no ano anterior, com transformações bastante otimistas para os empreendedores.

Tendências como o crescimento das compras online, maior preocupação com a sustentabilidade e a permanência em casa tanto para o lazer quanto para o trabalho home office, são apenas algumas mudanças permanentes que seguirão firmes após esse “novo normal”.

Sendo assim, buscando acompanhar o ritmo dos mercados, os negócios precisam ser constantemente inovadores para sempre estar no radar de seus consumidores.

Negócios em alta em 2021: O que esperar?

Como já falado, os negócios em alta para 2021 são aqueles capazes de se adaptar ao “novo normal” e conseguir prosperar no mundo pós-pandemia.

Além disso, esses novos empreendimentos serão uma parte fundamental para recuperação econômica do país após uma queda considerável no PIB brasileiro causado pela crise do coronavírus.

Mas como de toda a crise pode-se tirar oportunidades, em abril de 2020 o governo federal divulgou que o país havia ultrapassado a marca dos 10 milhões de empreendedores. Além disso, no início da pandemia no mesmo ano, cerca de 600 mil pessoas se tornaram microempreendedores individuais.

Isso se deve muito ao fato que em meio à crise, as pessoas tiveram que criar soluções e procurar oportunidades para lidarem com a falta de emprego ou diminuição da renda salarial.

Com todas essas modificações sofridas no dia a dia das pessoas, existem alguns negócios muito promissores para você investir ainda esse ano. Porém, independente do ramo que você escolher, lembre-se: É necessário um planejamento estratégico e financeiro para ajudar que o seu novo negócio não faça parte das estatísticas que mostram que 80% das micro e pequenas empresas desaparecem antes de 1 ano de abertura.

A seguir, separamos uma lista com 8 tendências lucrativas para negócios em 2021. Acompanhe!

8 tendências de lucrativas para 2021

#01. Infoprodutos

Os infoprodutos seguem sendo uma tendência super em alta no ano de 2021, especialmente no quesito videoaulas e cursos online. Se você possui alguma habilidade, como cozinhar, falar uma língua, conhecimento em vendas, marketing digital ou qualquer outro assunto que tenha um público interessado, é o seu momento de monetizar esse seu talento.

Seus grandes desafios nessa área é se mostrar organizado para criar o seu negócio e estruturar o seu conhecimento em formato de infoproduto, e especialmente, encontrar seu público alvo e vender para eles.

Com plataformas como YouTube e Hotmart, fica cada vez mais fácil monetizar seu conteúdo e transformar seu hobby em um negócio lucrativo em 2021.

#02. Venda de produtos veganos e vegetarianos

O mercado vegano e vegetariano já vinha crescendo há um bom tempo e continua se impulsionando e sendo uma aposta certeira para 2021.

Em uma pesquisa publicada pela SVB (Sociedade vegetariana brasileira) estima-se que mais de 30 milhões de brasileiros são vegetarianos, representando cerca de 14% da população do país.

O mercado de alimentação percebeu que essa tendência realmente veio para ficar e o cenário aponta que 63% da população gostaria de reduzir o consumo de carne. Isso afeta diretamente na quantidade de empreendimentos abertos sendo totalmente vegetarianos ou veganos, como por exemplo restaurantes, marcas de cosméticos e de roupas.

Além disso, as grandes empresas do mercado de proteína animal, como Seara, Sadia e McDonald ‘s vem lançando suas linhas vegetarianas e veganas ultimamente.

#03. Venda de cosméticos naturais e orgânicos

Ainda surfando na onda da conscientização das pessoas com as questões ambientais e a busca por produtos sustentáveis, os cosméticos naturais/veganos e orgânicos vêm ganhando cada vez mais destaque no mercado de beleza.

Uma pesquisa publicada em 2020 no Brasil, mostra que 62% dos brasileiros acreditam que os cosméticos deveriam ser formulados apenas com ingredientes naturais e orgânicos.

Além da importância de ter ingredientes naturais na composição dos produtos, outro ponto fundamental é a sustentabilidade das embalagens. Muitos consumidores hoje em dia estão optando por shampoos e condicionadores sólidos que dispensam o uso de embalagens em plástico.

#04. Serviço de locação de carros

O serviço de locação de carros vem ganhando muita força, especialmente após o surgimento da pandemia de 2020, pelo fato do compartilhamento de veículos ter se tornando arriscado devido ao Covid-19. Além disso, as marcas estão mudando seu modelo de negócio para conquistar essa parcela do mercado que deseja andar num automóvel mas não quer investir na compra do veículo, como mostra essa matéria.

Como podemos notar, os serviços de streaming estão cada vez mais em alta, como Spotify, Netflix, e essa é a mesma ideia da locação dos veículos. Dessa forma, o cliente tem as vantagens de não se preocupar com documentações, revisões e seguro.

#05. Delivery de comida

Em pesquisa publicada pelo Sebrae no início de 2020, o Delivery cresceu e se tornou uma grande oportunidade para o setor de alimentação. Isso porque a pandemia mudou a rotina das pessoas que pararam de frequentar bares e restaurantes e passaram a pedir tudo online pelos deliverys.

Em outra pesquisa, publicada pela Mobilis, mostra que os principais aplicativos de delivery cresceram cerca de 103% de janeiro a junho de 2020. Isso mostra uma grande oportunidade para as micro e pequenas empresas que são dedicadas à produção de marmitas e refeições. A tendência deste negócio é só crescer e é fundamental que o empreendedor encontre um nicho especializado para conseguir se destacar mais no mercado, como por exemplo, alimentação para pessoas com restrições em glúten e lactose.

#06. Clube de assinatura

A economia de recorrência é uma grande tendência mundial nos últimos anos, e em 2021 não será diferente. Os modelos de negócio baseados em assinatura cresceram em faturamento cerca de 10% em 2020 e movimentaram cerca de 1 bilhão de reais aqui no Brasil só no ano de 2019.

De acordo com Guilherme Almeida, head de e-commerce da Nestlé, o modelo de assinaturas deve chegar a 75% das empresas em 2023, e apresenta algumas vantagens como, o pagamento recorrente, redução da inadimplência e fidelização do cliente.

Alguns segmentos que se destacam neste modelo são: Livros, bebidas, alimentos, cuidados pessoais, e Pet.

#07. Loja online ou E-commerce

Com as medidas de distanciamento e restrições o comércio online sofreu um boom enorme e foi um dos segmentos que mais se beneficiou durante a pandemia.

Segundo pesquisa realizada pela Mastercard, o e-commerce cresceu cerca de 75% durante a pandemia em comparação com o ano anterior de 2019.

Diversos setores como, supermercados, farmácias, lojas de vestuários e acessórios passaram a complementar o seu modelo de negócio abrindo suas lojas online. Dessa forma, essa tendência realmente veio para ficar e vai continuar crescendo por muito tempo.

#08. Marketing de afiliados

marketing de afiliados é uma outra tendência que está bombando. Devido ao boom digital que já vínhamos sofrendo mas que aumentou após o início da pandemia de coronavírus, muitas pessoas passaram a ganhar dinheiro na divulgação de produtos online.

Ao criar um infoproduto, o criador precisará de pessoas para fazer a divulgação e atrair clientes. É aí que entram os afiliados! Eles aproveitam a oportunidade de gerar negócios através de blogs, canais no Youtube, redes sociais e outras plataformas, para divulgar produtos digitais de terceiros. Em troca eles recebem uma comissão generosa pela parceria.

Conclusão

Com o surgimento da pandemia em 2020, muitos negócios acabaram ganhando bastante notoriedade, como é o caso das lojas online e locação de veículos. Além disso, os consumidores se tornaram cada vez mais exigentes com os produtos e serviços que usam, sempre visando soluções sustentáveis e que agridam menos o meio ambiente.

Os consumidores vem mudando e é necessário que os negócios também acompanhem essa mudança para não ficar para trás!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Aproveite a visita para
assinar a nossa newsletter.