CONTEÚDO DE BLOG

Plano de Cargos: porque é tão importante estar atento a isto?

Uma gestão eficaz e de qualidade em uma empresa precisa ser elaborada com estratégias bem definidas e uma boa organização, assim como alinhar todos os colaboradores para que realizem na prática o plano teórico de maneira eficiente. 

E quando se trata de contratação e carreira profissional, fazer um plano de cargos é fundamental para um negócio possuir uma gestão eficiente, além de trazer benefícios tanto para o empregador quanto para o empregado.  

Mas afinal, do que se trata um plano de cargos? Como se organiza um? E porque é tão importante estar atento a essa questão? Isso é o que veremos neste texto, por isso, continue a leitura e aproveite! 

O que é um plano de cargos?

O plano de cargos nada mais é que uma política interna que a empresa adota para definir os cargos e funções que o negócio necessita para funcionar bem, como também especular qual o valor da remuneração de cada cargo, sendo um valor justo e compatível com o que o mercado oferece.  

Após definido esses pontos, o objetivo é manter um quadro de colaboradores bem organizado, levando em consideração os critérios de ascensão profissional para que o trabalhador tenha a oportunidade de ser reconhecido e evoluir na empresa. 

Um plano de cargos segue algumas premissas para alcançar um bom planejamento, são elas: 

  • Estruturar a organização em uma hierarquia

Adotar uma hierarquia, seja ela tradicional (em que a tomada de decisão parte de apenas um ou alguns poucos representantes) ou horizontal (onde membros com cargos mais baixos participam de reuniões a fim de decidirem algo para a empresa) é um aspecto importante para a gestão de uma empresa, então, tenha isso bem definido para organizar os próximos pontos.  

  • Definir as funções que cada cargo vai exercer 

Definir as ações atribuídas a cada cargo vai facilitar o gerenciamento de tarefas e alocação dos membros na empresa, embora isso restrinja uma tarefa apenas para um cargo, essa atribuição terá mais foco e atenção em ser executada.

  • Criar carreiras que os membros da empresa possam seguir

Após definido as funções que cada cargo vai executar, o que pode tornar o trabalho monótono já que cada funcionário vai realizar as mesmas tarefas na empresa, é aí que se torna necessário criar carreiras estruturadas e escalonáveis para suprir isso, pois essas carreiras proporcionam aos membros da empresa oportunidades de investir e crescer profissionalmente para alcançar outros cargos. 

  • Estabelecer a remuneração salarial de acordo com a função

Estabelecer o salário condizente com o que o mercado paga pelo trabalho realizado é, sem dúvidas, muito importante não só para que a empresa seja reconhecida no mercado e pelo público, como também para manter seus colaboradores satisfeitos uma vez que são reconhecidos pelo que fazem. 

Nessa parte também entra o plano que gratifica os funcionários que se destacam, sistemas de promoções, entre outros, mas claro, sempre considerando a situação financeira do negócio. 

Qual a importância do plano de cargos para um negócio? 

Agora que você entendeu o que é um plano de cargos pode ter tido uma noção da importância dele para a gestão de uma empresa, mas também separamos alguns pontos abaixo:

  • Aumento do engajamento dos colaboradores, uma vez que estão mais motivados na empresa e consideram ela como uma alternativa para crescerem profissionalmente, ou seja, aprimorando o employer branding da empresa.  
  • Mais procura de bons candidatos que se interessarem em fazer parte do time, ou seja, o leque de aquisição de novos talentos vai ser maior, e ainda, reter colaboradores, pois estarão mais satisfeitos e sem interesse de buscar outras oportunidades. 
  • Plano financeiro bem estruturado, já que as funções e remuneração estão definidas, isso permite realizar uma projeção para se precaver e facilitar processos.

Esses são os principais pontos importantes que o plano de cargos ajuda a manter a organização do negócio, otimizando os processos de recrutamento e especializando as tarefas de cada cargo-função. 

Como elaborar um plano de cargos? 

Se você chegou até aqui foi ao compreender a importância de fazer um plano de cargos para seu negócio, então agora veja algumas dicas de como elaborar seu plano e o que ele precisa conter: 

Defina as atribuições de cada função 

Como citamos anteriormente, é importante que no plano de cargos conste todas as atribuições de cada cargo e quais as competências técnicas para assumir o posto. 

Com o detalhamento desses requisitos para as funções será possível que os interessados em se candidatar se identifiquem com o cargo.

Além disso, essas descrições são úteis na hora de decidir a remuneração, para que seja justa.

Um exemplo é disponibilizar vagas para cargos de assistente ou auxiliar, que possuem menos atribuições comparados a outros cargos de nível hierárquico maior, mas a partir desse cargo é possível subir o degrau da escada hierárquica. 

Defina os critérios para administração salarial e promoção

Geralmente acontece aumento de salários e promoções por parte voluntária dos gestores, mas o ideal é que tenham critérios para administração salarial e promoção a fim de que não gere qualquer mal entendido ou insatisfações.

Considere estabelecer regras para avaliar, bem como quem vai ser responsável por avaliar os indicadores de desempenho dos colaboradores. Pode-se utilizar softwares de gestão que registram o desempenho dos funcionários e indicam os candidatos que merecem uma promoção. 

Essa promoção pode ser alcançada, por exemplo, através de uma escala de pontuação baseada em pontos como produtividade, assiduidade, etc., 

Dessa forma, os colaboradores ficarão mais motivados vendo uma gestão organizada e transparente, que incentiva a evolução. 

Para resumir, depois de considerar os pontos que levantamos até aqui, as principais etapas que deve-se seguir para fazer um plano de cargos são:

1- Descrever as atividades de cada função;

2- Estabelecer uma hierarquia e construir um organograma;

3- Definir o salário e a política de promoções e benefícios;

4- Detalhar os critérios de como avançar no plano de carreira; e 

5- Elaborar um manual de diretrizes para ser repassado aos colaboradores;

Bom, por hoje é isso, espero que tenha gostado e até mais! 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Aproveite a visita para
assinar a nossa newsletter.