CONTEÚDO DE BLOG

Organização: A Chave Para a Saúde Financeira de Seu Negócio

Comprar uma peça de roupa, pagar a conta de luz, fazer uma viagem; essas são atividades comuns à maioria das pessoas. Até aí não há nada de errado, entretanto, para alguns empresários, é comum, por exemplo, realizar gastos pessoais com o dinheiro de sua empresa. Se você se enquadra nessa descrição ou quer evitar um problema como esse, confira as dicas abaixo:

Comprar uma peça de roupa, pagar a conta de luz, fazer uma viagem; essas são atividades comuns à maioria das pessoas. Até aí não há nada de errado, entretanto, para alguns empresários, é comum, por exemplo, realizar gastos pessoais com o dinheiro de sua empresa. Se você se enquadra nessa descrição ou quer evitar um problema como esse, confira as dicas abaixo: 

Inicialmente, é preciso ter ciência das consequências de seus atos, por exemplo, ao misturar as contas, o primeiro reflexo é o desconhecimento dos resultados reais, tanto pessoais quanto da empresa. Ao final do mês, visto que você terá pagado contas, como a do supermercado, com dinheiro da empresa e outras, como a de material de escritório, com seu próprio capital, percebe-se facilmente um problema na contabilização dos gastos, que pode ser prejudicial tanto para o patrimônio de sua empresa, quanto para o seu.

Confira também a nossa publicação “5 Dicas Para Tirar Sua Empresa do Vermelho e Nunca Mais Voltar”!

Outra consequência para a empresa pode ser a falta de capital de giro para pagamento de contas como fornecedores e impostos, ou mesmo a incapacidade de aproveitar oportunidades que surgirão no mercado, entravando o crescimento da empresa. Existem, inclusive, casos extremos de confusão patrimonial, nos quais, por intervenção jurídica, foi determinada a utilização do patrimônio da empresa para o pagamento de dívidas dos sócios e vice-versa, de modo a acertar os gastos indevidos do passado.

Para evitar situações como essa, a palavra determinante é organização. Abaixo separamos três dicas valiosas para a sua organização financeira:

1- Separe as contas pessoais das empresariais

Caso você tenha passado por alguma das situações acima, não sinta vergonha, a confusão patrimonial é mais comum do que imaginamos, principalmente em micro e pequenas empresas. Porém, isso não é motivo para cultivar tal hábito. O primeiro passo para ter conhecimento dos resultados da empresa é distinguir as contas pessoais das empresariais e quitá-las utilizando seus respectivos bens ou direitos. Nesse quesito, considere a utilização de duas contas correntes, uma sua e outra da empresa, o que facilitará muito a diferenciação dos patrimônios. Além disso, há bancos que oferecem condições especiais para contas de pessoas jurídicas.

2- Mantenha controle de todos os gastos

Agora que você tem conhecimento da necessidade de diferenciar os patrimônios, não se esqueça de que é preciso armazenar os dados referentes às entradas e saídas de dinheiro organizadamente e, simultaneamente, utilizá-los para facilitar sua rotina. Nesse caso, uma simples planilha pode ser útil para demonstrar os resultados da empresa e fornecê-lo informações para, por exemplo, decidir se deve ou não fazer um investimento em infraestrutura. Todavia, é importante ressaltar a existência de softwares específicos, até mesmo para o seu smartphone, de controle financeiro que são de fácil utilização e fornecem informações muito interessantes por meio de relatórios automáticos.

3- Defina um Pro labore

O termo pro labore vem do latim e significa “pelo trabalho”. Ele representa a remuneração que os administradores da empresa, especificados em contrato, recebem por exercerem suas funções e equivale a um salário comum, salvo algumas diferenças em relação a encargos sociais. Além disso, o pro labore pode ser uma grande ferramenta para controlar as finanças suas e da empresa, visto que, ao estabelecê-lo, você limitará a quantia de capital que retira mensalmente da empresa, evitando que prejudique o orçamento dela e também contribuirá para seu próprio controle, dado que terá um valor mensal pré-definido para gerir e suprir suas necessidades, o que, a longo prazo, pode lhe a garantir maturidade financeira necessária para alcançar seus objetivos.

Mantenha essas dicas sempre em mente e tenha certeza de que ser um empresário e uma pessoa de sucesso será muito mais fácil! E não se esqueça, caso essas informações tenham lhe interessado ou você esteja enfrentando situações similares e precise de ajuda, fale conosco, a Esag Jr. tem a solução que você precisa.

Continue lendo sobre a área financeira

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Aproveite a visita para
assinar a nossa newsletter.