CONTEÚDO DE BLOG

Gestão de Qualidade: saiba porque os seus pilares são primordiais para o sucesso

O que vem à sua cabeça quando falamos em qualidade? Quem sabe seja a qualidade de seus produtos, do seu atendimento ou da prestação de serviço. No entanto, sempre que falamos de qualidade o nosso foco é, na verdade,  o cliente. 

Atingir as expectativas de seu cliente é o principal objetivo da gestão de qualidade. Desta forma, não é muito difícil associar a gestão da qualidade com o sucesso da sua empresa. Isso porque, se o seu cliente está satisfeito, ele continuará fiel a sua marca, sua organização irá crescer, se tornar relevante e mais competitiva no mercado.  

Mas como a gestão de qualidade é tão necessária para seu sucesso? Bom, continue conosco e você se convencerá que esta é uma ferramenta para o seu negócio. 

O que é gestão da qualidade? 

A gestão de qualidade é um conjunto de práticas e estratégias adotadas por organizações com objetivo de melhorar continuamente seus produtos ou serviços. 

Acima falamos que o alvo da gestão da qualidade é o seu cliente, mas para isso, as empresas devem buscar a qualidade em toda cadeia produtiva. Portanto, qualidade nos processos organizacionais, na fabricação de seus produtos, e qualidade na relação com seus colaboradores, fornecedores e investidores. 

Quais as vantagens de se aplicar a gestão da qualidade? 

A excelência do resultado só é atingida quando todos trabalham harmonicamente para o mesmo objetivo. Mas quais são os benefícios destes resultados? Abaixo listamos algumas dessas vantagens: 

  • Maior competitividade:  E em um mercado cada vez mais competitivo, conquistar e fidelizar clientes é um grande desafio. Desta forma, a gestão de qualidade deixou de ser um diferencial das empresas para se tornar um item essencial para satisfazer clientes e proporcionar uma vantagem competitiva;
  • Maior desempenho: Com a padronização de atividades, sua empresa terá menos desperdícios e retrabalho. Desta forma, sua equipe irá trabalhar de forma mais eficiente com maior desempenho nas atividades que realmente importam;
  • Redução de custos: Assim como no tópico anterior, a padronização de atividades também impacta na redução de gastos em atividades desnecessárias e dispendiosas. Não apenas do ponto de vista financeiro, mas de recursos humanos e tempo;
  • Aumento da lucratividade: Maior desempenho da sua equipe com a redução de custos e competitividade no mercado são os fatores determinantes para a sua empresa lucrar mais;
  • Satisfação do cliente: Como já falamos anteriormente, todas essas atividades são focadas no objetivo de atingir, ou até superar, as expectativas de seus clientes. Assim, você terá um público fiel que irá defender a sua marca. 

Quais são os pilares da gestão de qualidade? 

Você sabia que a busca de qualidade é padronizada internacionalmente? Pois é, esse é o objetivo da ISO 9001. A ISO 9001 é norma de certificação de qualidade nas empresas, trata-se de um conjunto de normas técnicas para a padronização de um produto ou serviço e, principalmente, atingir as expectativas de seu cliente. 

É com base no ISO 9001 que temos os 7 pilares para a gestão de qualidade de uma empresa, são eles: 

  1. Foco no cliente 

Os clientes são a razão da existência da sua empresa. Por isso é tão importante atender suas expectativas, e até mesmo, as excedendo. Este conceito deve ser central em todas as decisões e processos da sua empresa, seja na linha de produção, no gerenciamento ou durante os seus feedbacks. 

  1. Liderança 

Um líder é mais que um chefe, ele é o responsável por criar um bom ambiente organizacional, manter os colaboradores motivados e alinhados com os objetivos da organização. Outra característica importante de um bom líder é a liderança proativa,  o incentivo a ambientes criativos e construtivos nas equipes.  

  1. Melhoria contínua 

É comum que um processo perca a sua eficiência ou relevância com o passar do tempo. Desta forma, a gestão de qualidade deve ser contínua para que o desempenho da empresa seja sempre elevado. Para isto, os gestores podem contar com ferramentas como o ciclo PDCA para a realização da melhoria contínua de seus processos. 

  1. Tomada de decisões com base em fatos 

As decisões de uma empresa não devem ser tomadas com base no achismo. A melhor maneira de se ter resultados assertivos é através de fatos. Para isso, o uso de indicadores é essencial para obtenção de dados que irão favorecer uma tomada de decisão mais lógica e segura pelos gestores. 

  1. Boa relação com seus fornecedores

O próximo pilar da gestão da qualidade é manter um bom relacionamento com seus fornecedores e parceiros. Isso é fundamental para assegurar insumos de qualidade, maior poder de negociação de preços, pagamento e prazos. E assim, gerar valor a seus produtos. 

  1. Visão sistemática

Uma organização é estruturada por diversos processos, internos e externos, que se interligam e geram um resultado. Assim, uma pequena decisão em um setor pode ter um grande impacto nos demais, bem como, no produto final. 

E pensando neste dinamismo que os gestores devem adotar uma visão sistemática da empresa durante a tomada de decisões para resultados mais eficientes… 

  1. Gerenciamento por processos 

A gestão de processos compreende o mapeamento de processos, criação de metas para cada processo e atividades, e estratégias corretivas de eventuais inconformidades.

A gestão de processos auxilia no conhecimento verdadeiro sobre os processos da empresa, seus objetivos e metas, resultado, recursos necessários e custo. Desta forma, a gestão de processos permite a otimização das atividades, redução de tarefas desnecessárias e de custos, adicionando um maior valor e qualidade ao resultado. 

Conclusão 

Ao fim deste artigo esperamos que você tenha se convencido de como os pilares da gestão de qualidade são a chave para o seu sucesso. Como podemos observar, estes 7 pilares irão fazer com que a sua empresa possa realizar uma melhor entrega para o seu cliente a partir de um conjunto de ações executadas ao longo de toda a sua cadeia empresarial. 

Essas ações vão desde processos externos e internos, criação de uma cultura favorável na sua empresa para o melhor desempenho de seus colaboradores e a tomada de decisões de forma mais assertiva. 

Além da ISO 9001, há diversas ferramentas que podem auxiliar as empresas na gestão da qualidade de seus processos e produtos, como por exemplo, o Programa 5S, ciclo PDCA, 5W2H e muitos outros. 

Logo, se você ainda não implantou um sistema de qualidade na sua empresa, a hora é agora!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Aproveite a visita para
assinar a nossa newsletter.