Índices de Rentabilidade: descubra se seu negócio está saudável

José Trindade
José Trindade
em 20/08/2020
Redação
Redação
em 20/08/2020
...

Como já deve ter ouvido falar, para que a empresa cresça de forma saudável, a gestão financeira é fundamental.

Mas, para esse crescimento, gerir bem as finanças não é suficiente.

Além do controle financeiro, é preciso verificar se os investimentos realizados estão dando resultados.

É nesse momento, é que o índice de rentabilidade deverá entrar em cena.

E é sobre ele que iremos falar nesse post.

Iremos te explicar o que são esses índices de rentabilidade, para que servem e como calculá-los.

Dessa forma, é possível saber se seu negócio está caminhando no rumo certo.

Confere aí.

O que são os índices de rentabilidade?

Os índices de rentabilidade são ferramentas que auxiliam a verificar se a empresa está dando retorno financeiro ou não.

Faz parte dos mais importantes indicadores de desempenho de uma empresa.

É a métrica que indicará se sua empresa está gerando lucro, afinal não é objetivo de nenhuma organização apenas pagar suas contas.

Por isso, deve ser um índice bastante consultado pelos gestores, sócios e também investidores.

Para que serve o índice de rentabilidade em uma empresa?

A rentabilidade é quanto a empresa está dando de retorno por todo o investimento que foi realizado nela.

Podendo ser em relação os investimentos financeiros, seus ativos e também o patrimônio líquido.

Ao calcular esse índice, é possível saber se o dinheiro arrecadado de sócios e investidores foram lançados fora ou se estão trazendo resultados positivos capazes de sobrepor esse montante investido.

Ao realizar algum tipo de investimento num negócio, a intenção é que o capital seja remunerado da melhor forma.

Os financiadores de capital esperam ter a certeza de que o investimento gere lucro suficiente e assim consiga honrar os financiamentos.

Por se tratar também de um indicador de desempenho, se aliados aos demais indicadores dessa categoria, o indicador de rentabilidade ajudará a entender se a estratégia abordada para alavancar o negócio e se os investimentos realizados foram assertivos.

Podemos destacar também outros pontos importantes desses índices:

  • Possibilita uma visão ampliada de todos os setores da empresa;
  • Orienta nas melhores tomadas de decisão;
  • Gera destaque para os olhares de investidores;
  • Demonstra a eficácia dos processos;
  • Revela a margem de lucro do negócio.

Como pode ver, os benefícios são inúmeros e é uma ferramenta essencial para uma gestão de alta performance.

Por isso, continua lendo que iremos te ensinar como calcular cada um deles.

Calculando a rentabilidade do seu negócio

De modo geral, o cálculo mais simples para resultar na rentabilidade de uma empresa é a divisão do valor do lucro obtido pelo capital investido num determinado período.

Dessa forma, o primeiro passo para obter os índices de rentabilidade é a ter em mãos as demonstrações financeiras da organização.

A partir dos dados contidos nelas é que terá a base para calcular a rentabilidade do seu negócio.

É importante ter muita atenção ao realizar os cálculos, principalmente por se tratar de indicadores financeiros que irão avaliar o desempenho da sua empresa.

Além disso, é necessário analisar minuciosamente os dados obtidos e realizar sua interpretação, pois sem ela os resultados serão apenas números.

Existem vários indicadores que analisam a saúde financeira de uma instituição.

No caso da rentabilidade, podemos citar quatro indicadores importantes que são utilizados:

  • Índice de margem
  • Índice de ativos
  • Retorno sobre o capital
  • Prazo de retorno/payback

Vamos conhecer um pouco de cada um deles?

Índice de margem

A margem é o valor que a empresa está ganhando ao vender um produto ou serviço.

É classificado por duas categorias:

1. Margem Operacional

Essa categoria é considerada o lucro “puro” relativo a vendas de produtos ou serviços, sem levar em conta gastos e despesas financeiras: tributação, impostos e obrigações legais.

É um cálculo bem simples de se fazer. Segue a fórmula:

2. Margem Líquida

Na margem líquida, diferentemente do índice anterior, o cálculo considera a dedução das despesas financeiras, custos e obrigações.

Esse índice é o indicador responsável por demonstrar verdadeiramente se a empresa está sendo lucrativa e rentável.

Para realizar o cálculo, deve-se considerar:

Índice de ativos

O índice de ativos calcula a rentabilidade do ativos, ou seja, do investimento total realizado na empresa, independentemente de onde surgiram estes recursos. É considerado no cálculo todos os aportes recebidos.

Retorno sobre o capital

É um índice bem requisitado pelos investidores. Isso porque é ele quem aponta se a empresa está conseguindo gerar retorno ou se está apenas usando seu capital para manter sua operação.

Prazo de retorno/payback

Esse é um índice complementar que é analisado em separado dos outros que foram citados. Ele indica o tempo que levará para a organização pagar o investimento realizado nela.

Deverá considerar um determinado período para realização do cálculo:

Na prática, o que significa ter o índice de rentabilidade?

Os índices de rentabilidade não deverão ser analisado isoladamente para se obter respostas sobre o lucro.

Para uma boa avaliação é necessário analisá-los juntamente ao retorno de outros investimentos e em seguida compará-los.

Por exemplo: poupança e CDB.

É importante levar em consideração que, embora uma aplicação envolva menos riscos que um negócio, são bons parâmetros de avaliação quanto aos índices de rentabilidade.

Sem dúvidas uma aplicação possui maior liquidez, o que significa maior facilidade de transformar o investimento em dinheiro, ao contrário do que se for investido em uma empresa.

Um índice de rentabilidade relevante é cerca de no mínimo duas a três vezes maior do que a rentabilidade média de um investimento conservador como é o caso da Poupança.

Concluindo

Conseguiu analisar os índices de rentabilidade na sua empresa?

Embora o lucro não seja tudo em uma organização, é porta de entrada para um negócio de sucesso com bons investimentos.

A tarefa de acompanhar essa métrica deverá ser rotina dos gestores e empreendedores, pois é vital para o negócio e será de grande auxílio em tomadas de decisões mais eficazes e assertivas.

Os números podem e devem ser acompanhados e principalmente interpretados para que o negócio seja capaz de manter-se saudável. Poderá necessitar de suporte da contabilidade, por isso é essencial manter os registros atualizados.

Portanto, fique de olho nos seus índices e tenha certeza que a sua empresa está direcionada no caminho certo.

Compartilhar artigo
Quer mais novidades? Inscreva-se em nosso boletim para receber atualizações.
Digite seu e-mail...