Consultoria Financeira: saiba se o seu negócio realmente precisa de uma

Redação
Redação
em 18/05/2021
Redação
Redação
em 18/05/2021
...

Já percebemos que as finanças são um dos pilares mais importantes de uma empresa, certo? A má administração de recursos é a principal causa do endividamento e da falência, não só de empresas mas como de indivíduos. Assim, se a saúde financeira do seu negócio não estiver estável ou prosperando, as chances de você encontrar problemas são muito grandes. Para isso, um planejamento financeiro sólido e eficaz é uma peça chave para trazer bons resultados para a sua empresa.

Nem sempre é fácil dar conta de todos os aspectos relacionados aos custos, despesas, entradas, saídas, lucros e demais variáveis econômicas do seu negócio: por isso, muitas vezes, contar com auxílio profissional pode fazer uma grande diferença no resultado. Uma consultoria financeira avalia e organiza as finanças, oferecendo soluções e estratégias para uma melhor tomada de decisões a fim de alcançar os objetivos da empresa.

Quer saber se o seu negócio pode se beneficiar de uma consultoria financeira? Acompanhe nosso post e decida com nossa ajuda!

O que é uma Consultoria Financeira?

É um serviço destinado ao diagnóstico de problemas financeiros, responsável também por sugerir e implantar soluções para otimizar os resultados dos clientes, além de aconselhar sobre tendências econômicas, mudanças na legislação e riscos associados ao dinheiro. Um consultor financeiro pode trabalhar de maneira autônoma ou fazer parte de uma empresa que presta consultoria.

Em um primeiro momento, a empresa especializada realiza um diagnóstico por meio da análise de dados e relatos, entendendo de forma aprofundada a realidade da empresa a ser estudada e seus desafios, como no caso de um médico que analisa um paciente e o orienta em relação ao seu tratamento.

A partir disso, é feito o planejamento da estratégia a ser adotada, para então partir para a execução. O trabalho da consultoria é feito de forma tática na gestão de receitas e despesas, visando potencializar os resultados da empresa contratante e gerar os melhores resultados possíveis dentro daquilo que foi planejado, superando-os sempre que possível.

Além de detectar desvios na abordagem já utilizada pela empresa, um consultor financeiro pode orientar gestores e administradores a respeito de investimentos que possam gerar frutos ao negócio, contribuindo para o aumento de rentabilidade da empresa, assim como da sua competitividade. Nisso consiste o acompanhamento, onde a consultoria pode fazer revisões das estratégias traçadas e dos passos dados ao longo de um período rumo aos objetivos estabelecidos.

Por que a Consultoria Financeira é importante?

Se o seu objetivo é fazer com que sua empresa seja bem sucedida mas, sem ajuda profissional, você se vê com dificuldades de conquistar seus propósitos, solicitar um auxílio capacitado pode ajudar o seu negócio a tomar as atitudes adequadas em busca dos rumos desejados. Ao alterar a forma como você faz a gestão de suas finanças e otimiza seus recursos, isso levará a melhores investimentos e multiplicará sua rentabilidade, identificando e ampliando os lucros da empresa.

A consultoria financeira sinaliza os rumos tomados pela empresa até então, analisa a situação atual, os pontos fortes e fracos do negócio e sugere pontos onde podem ser feitas alterações, a fim de obter os melhores resultados possíveis. Observar o fluxo de caixa, apesar de extremamente importante, é insuficiente para obter a dimensão da situação da empresa: é preciso ter uma visão mais abrangente, prestando atenção em todos os detalhes possíveis que possam impactar nas finanças do seu negócio. Esta habilidade está presente no serviço de consultoria financeira.

Como uma Consultoria Financeira pode impactar no meu negócio?

Há diversos aspectos que podem ser trabalhados e otimizados por consultores financeiros. Aqui destacamos alguns deles:

  • Diagnóstico econômico-financeiro: visa indicar ao empresário o histórico do negócio, entendendo quais suas ramificações no presente através de uma análise de custos, lucros e fluxos de caixa, fazendo um balanço.
  • Planejamento financeiro: ao diagnosticar a situação financeira da empresa e definir objetivos, os profissionais podem estruturar o futuro da empresa de acordo com planos e previsões, construindo um panorama detalhado dos passos necessários para alcançar as metas propostas. Através da análise de variáveis, o gestor obtém ferramentas, como relatórios e informações, fundamentais para a tomada de decisões.
  • Gestão financeira: aqui, busca-se a otimização da gestão diária de recursos, como aplicações e resgates, através do uso de ferramentas de análise e acompanhamento de indicadores financeiros. Além disso, são identificadas as melhores opções de investimentos, considerando os recursos da empresa.
  • Reestruturação de setores: a fim de diminuir a carga de trabalho dos diretores e gestores, as funções e tarefas são delegadas entre as áreas administrativa, financeira, tributária, recursos humanos, etc.
  • Análise e gestão de custos: sintetiza como se dão os custos da empresa, identificando lacunas, corrigindo desvios e otimizando a gestão na totalidade, além de observar contas a pagar e a receber.
  • Formação de preços: elaboração do melhor preço para os produtos ou serviços, levando em consideração os custos, lucros e os preços praticados no mercado;
  • Avaliação da empresa (valuation): estudo do valor financeiro de uma empresa, além de analisar sua possibilidade de venda ou aptidão para multiplicar esse valor futuramente.
  • Análise de viabilidade econômico-financeira: através do levantamento de dados, interpreta riscos e retornos de investimentos, considerando todas as possibilidades de cenário e os retornos esperados, dando suporte à tomada de decisão.
  • Auditoria financeira: revisa demonstrações financeiras, registros, transações e operações de um negócio.

Ficou claro que o serviço de Consultoria Financeira não é de uso exclusivo por empresas que estão à beira do colapso, certo? Não é preciso deixar chegar a esse extremo para recorrer à ajuda profissional. Na verdade, seu uso “preventivo” é ainda melhor, pois evita que más decisões sejam tomadas, assim como demais prejuízos decorrentes dessas atitudes, além de encontrar estratégias para potencializar os resultados desejados.

No caso de micro e pequenas empresas, através do serviço de consultoria financeira, o administrador encontra benefícios ao sanar suas dúvidas, visto que muitas vezes lhe falta prática profissional para gerenciar uma empresa de forma completa, atuando em diversas funções superficialmente. O consultor auxilia na otimização da estrutura de gestão, oferecendo mecanismos para o acompanhamento adequado das finanças. Consequentemente, isso dá à empresa um maior controle financeiro e oferece uma análise mais minuciosa do fluxo de caixa, identificando antecipadamente as deficiências e o que está impedindo a empresa de multiplicar seu lucro.

As Consultorias Financeiras costumam atuar através de treinamentos na empresa, oferecendo uma maior profundidade na educação corporativa dos colaboradores por meio de palestras e capacitações. Os conceitos abordados podem também ser aplicados na vida pessoal de cada membro da equipe, o que pode levar a uma melhor administração dos recursos da empresa através dessa internalização de conceitos, ampliando a conscientização.

Através da boa gestão de recursos, da eliminação das dívidas e dos investimentos bem planejados, a ação da Consultoria Financeira pode modificar o destino da sua empresa, junto da dedicação e disciplina da equipe em direção aos objetivos estabelecidos. Conte com a ajuda da ESAG Jr. para alcançá-los!

Compartilhar artigo
Quer mais novidades? Inscreva-se em nosso boletim para receber atualizações.
Digite seu e-mail...