Como abrir uma empresa Simples: o guia completo para novos empreendedores

José Trindade
José Trindade
em 08/09/2020
Redação
Redação
em 08/09/2020
...

É sonho de muitos brasileiros ter independência financeira e assim surge a vontade de abrir seu próprio negócio.

Porém, o desafio de manter uma empresa e a burocracia encontrada para formalizá-la se torna um pesadelo no decorrer do caminho.

E essas questões burocráticas, muitas vezes, acabam até desmotivando os novos empreendedores que deixam a ideia de lado e acabam continuando na informalidade.

Por isso, preparamos este post completo onde você aprenderá como abrir uma empresa Simples e respondendo as principais dúvidas que um um novo empreendedor pode ter neste processo.

Vamos lá?

O que preciso saber antes de formalizar minha empresa?

Abrir uma empresa é a concretização de um sonho e envolvem diversas questões.

É necessário fazer boas escolhas para que a ideia não seja frustrada e os investimentos realizados não tem sido em vão.

Alguns pontos importantes devem ser levados em consideração antes de formalizar seu negócio. Alguns deles:

Sim, antes de tudo é fundamental realizar um bom planejamento e avaliar todos os riscos do seu negócio. 

Afinal, seu desejo de empreender é importante e deve ser realizado de forma adequada para que seu negócio cresça e tenha sucesso.

Que tipo de empresa devo abrir?

Foto de Jopwell no Pexels

O primeiro passo para formalização do seu negócio é a escolha do tipo da empresa.

Nessa etapa, o que irá determinar o tipo da empresa são essas três variáveis: Natureza jurídica, Regime Tributário e o Porte.

São três tipos de empresa que poderá optar, cada um atende um determinado perfil empreendedor e tem suas características. 

São elas:

MEI - Microempreendedor Individual

O famoso MEI, surgiu de um Programa do Governo Federal criado com objetivo de formalizar quem trabalha por conta própria.

O valor mensal é em torno dos R$ 50,00, já incluso a contribuição referente ao INSS, embora não seja obrigatório poderá gerar NF e não tem obrigatoriedade de um contador.

O problema do MEI é que tem muitas limitações. 

Seu limite de faturamento é de até R$ 81.000,00 ao ano, poderá contratar apenas um funcionário com piso salarial, não é permitido sócios e só permite que algumas profissões e atividades.

ME - Microempresa

Já para microempresa existem mais possibilidades.

Nessa opção, é possível ter mais de um sócio, seu faturamento poderá ser de até R$360 mil no ano e existem mais opções de escolhas para as atividades da sua empresa.

A grande diferença é que o imposto, diferentemente do MEI, será sobre o faturamento da empresa e só é pago quando a empresa fatura.

Como ME, poderá optar pelo regime tributário do Simples Nacional que unifica os impostos em uma única guia.

EPP - Empresa de Pequeno Porte

A empresa de pequeno porte é aquela que fatura entre R$ 360 mil até R$ 4,8 milhões ao ano e também pode optar pelo regime do Simples Nacional.

Por ser uma empresa de maior porte, sua carga tributária mesmo simplificada poderá ser uma mais elevada se comparada com uma ME.

E qual natureza jurídica devo escolher?

Foto de fauxels no Pexels

Agora é hora de definir como será a constituição da sua empresa e é isso que a natureza jurídica vai tratar.

Para definição do regime jurídico, existem três categorias que sua empresa pode ser constituída:

EI - Empresário Individual

Nessa opção, você será o único sócio já que não é permitido mais sócios e irá exercer sua atividade empresarial como pessoa física. O que significa que seu patrimônio pessoal poderá ser comprometido em caso de endividamento da empresa.

EIRELI - Empresa Individual de Responsabilidade Limitada

Na Eireli, você também é o único sócio, mas possui separação jurídica entre os bens pessoais e os do seu negócio.

Para abrir uma empresa nessa categoria, precisará declarar um capital social de no mínimo R$99.800,00, que poderá ser em bens ou dinheiro.

Esse valor declarado inicialmente deverá está disponível caso a empresa venha a se endividar.

LTDA - Sociedade Limitada

Para essa categoria há exigência de pelo menos um sócio para constituir a empresa e o capital social poderá ser formado por bens ou dinheiro que poderão ser iniciados no valor de R$1.000,00.

Qual regime tributário devo atuar?

É nessa etapa que o empresário irá verificar se a empresa poderá ser enquadrado como Simples Nacional.

O Simples Nacional é um modelo de tributação mais indicado para as empresas que estão iniciando.

Isso devido à unificação dos impostos federais, estaduais e municipais em única guia e por se tratar de alíquotas mais leves para seu negócio.

Quais os documentos necessários para abrir uma empresa?

A documentação para abertura de uma empresa poderá variar dependendo do Estado ou cidade que sua empresa irá atuar, além das particularidades de cada atividade comercial.

Para auxiliar nesse processo, indicamos que contrate um bom contador para ajudar nesses trâmites e evitar dores de cabeça futuras.

Segue a documentação necessária:

  • RG e CPF;
  • Comprovante de endereço;
  • Se casado(a), certidão de casamento;
  • Cópia do IPTU ou documento que conste a inscrição imobiliária ou a indicação fiscal do imóvel onde a empresa será instalada.

Dependendo da atividade que a empresa irá exercer, poderá necessitar de documentos específicos.

Quanto tempo leva para abrir uma empresa?

O prazo para formalização, poderá variar de acordo com a localidade e atividade operacional da empresa.

Geralmente leva em torno de 30 a 45 dias, considerando que não ocorreu nenhum problema com a documentação apresentada e a contar da data da solicitação protocolada na Junta Comercial.

Infelizmente não tem um prazo 100% preciso, pois dependerá da análise de órgãos públicos responsáveis e poderá levar mais ou menos tempo que o previsto.

Concluindo

Pronto! Agora já sabe como dar o pontapé inicial para sua ideia sair do papel. Sabemos que não é uma tarefa fácil, mas que não é impossível.

Após dar entrada na papelada e ter o CNPJ em mãos, é hora de traçar um plano estratégico para que sua empresa tenha visibilidade e possa atrair os clientes certos.

Para isso, veja como o Business Model Canvas pode ajudar sua empresa a direcionar os esforços certos e atingir resultados com mais eficiência.

Compartilhar artigo
Quer mais novidades? Inscreva-se em nosso boletim para receber atualizações.
Digite seu e-mail...