Inteligência de Mercado: Inovação e vantagens para as empresas!

Redação
Redação
em 07/01/2021
Redação
Redação
em 07/01/2021
...

A maioria das empresas já compreende a importância de estudar seu mercado e traçar um planejamento estratégico com base em dados verídicos e bem fundamentados. É aí que entra a inteligência de mercado, responsável por coletar informações, analisá-las e gerar insights para expandir e aperfeiçoar os negócios. Afinal, para se destacar, é preciso ter um conhecimento profundo do seu mercado de atuação, ter perspectiva de crescimento e estar aberto para as inovações e tendências, certo?

Normalmente chamado de BI, ou Business Intelligence, o departamento encarregado desta função fica responsável por garantir o crescimento do negócio ao aplicar técnicas e metodologias para captar dados. Estes dados são usados na definição de tendências de comportamento e consumo dos clientes, na análise de estratégias usadas pela concorrência, na elaboração de produtos e ações de marketing, implementação de técnicas de vendas, etc.

Assim, torna-se possível visualizar o mercado de uma forma mais generalizada, permitindo melhores tomadas de decisão da empresa, reforçando as vantagens competitivas do negócio e alcançando os objetivos propostos pelo planejamento estratégico. Mas como adquirir estas informações? As pesquisas de mercado serão suas melhores amigas, e falaremos delas com mais detalhes a seguir.

Para que serve e como fazer uma pesquisa de mercado?

Como o próprio nome já indica, seu objetivo é sondar o mercado para um produto ou serviço. Através dela, é possível:

  • conhecer melhor os consumidores, compreendendo quem é seu público-alvo e qual seu comportamento, o que buscam e valorizam;
  • entender quais são suas necessidades que podem ser supridas através de seu produto ou serviço;
  • compreender como seu produto é visto no mercado e quais seus diferenciais;
  • identificar quais outras empresas oferecem produtos ou serviços semelhantes a ponto de serem suas concorrentes;
  • aprender a definir seu preço;
  • oferecer um panorama do cenário econômico, etc.

Antes de começar, é importante definir o que exatamente você quer descobrir em relação ao mercado, pois existem muitas variáveis que podem ser analisadas. Para identificar e analisar estas variáveis, elaborando efetivamente uma pesquisa de mercado, é possível usar táticas variadas, que devem ser escolhidas - ou usadas em conjunto - de acordo com seus objetivos. Algumas opções são:

  • benchmarking: processo em que uma empresa avalia a concorrência, incorporando práticas bem-sucedidas e aperfeiçoando seus métodos;
  • análise SWOT: técnica de planejamento estratégico utilizada para identificar forças, fraquezas, oportunidades e ameaças;
  • mystery shopping: abordagem na qual é analisada a qualidade do atendimento de uma empresa ou serviço;
  • monitoramento de mídia, acompanhando a presença da marca nas redes sociais e sua interação com os consumidores;
  • análise de dados, utilizando o Big Data e os mecanismos de busca a seu favor e coletando o máximo de informações que sejam relevantes para a implementação de melhorias em seu negócio.

A partir destas informações, tomam-se as decisões estratégicas em relação a qual a melhor forma de posicionar seu produto, melhorar suas vendas, otimizar o atendimento, analisar a concorrência, enfim, entender o que se passa do lado de fora da empresa a fim de orientar suas ações e aumentar sua competitividade no mercado em que você atua. São analisados, de forma criteriosa, todos os fatores que podem impactar a performance e o desenvolvimento.

Qual sua importância da inteligência de mercado para o negócio?

As informações obtidas através desses estudos servem como apoio para melhorar as estratégias de produção, comunicação e vendas, explorando diferentes cenários para criar um posicionamento, melhorando a competitividade e facilitando o mapeamento das interações com os consumidores. Elas tornam as análises de mercado mais precisas, ao interpretar as informações e colocá-las em prática de forma alinhada com o seu propósito.

Ter um panorama abrangente e aprofundado do mercado faz com que seja possível tomar decisões de forma mais ágil e assertiva, prevendo as movimentações do mercado, compreendendo como elas podem afetar seu negócio e agindo mais de forma ativa do que reativa. Contudo, é necessário monitorar essas mudanças de forma constante para não ser pego de surpresa.

É possível, também, aprender com os erros - não necessariamente seus, mas dos outros! Tendo como base experiências que deram certo e aquelas que não funcionaram de acordo com o esperado, deve-se escolher o melhor caminho através de estratégias efetivas, aplicando os bons exemplos à sua própria realidade.

O processo de diferenciação também é um resultado dessa prática, já que a inteligência de mercado leva a uma antecipação de tendências e oportunidades, fazendo com que você possa se destacar antes que os concorrentes sigam a mesma onda. 

Ao aumentar a produtividade, é possível conquistar soluções mais completas e eficazes para o seu público-alvo. Além disso, o conhecimento aprofundado do público e das lacunas de mercado permite que você adote um comportamento mais direcionado, conquistando seus clientes também pela experiência de compra e pelo atendimento - este último, em especial, é um fator-chave para o sucesso de uma empresa.

Este processo de diferenciação resulta em outro fator extremamente importante para qualquer empresa, que é a inovação. Ela deve ser um pilar fundamental e uma constante na sua estratégia, visto que possibilita construir perspectivas e cenários para o futuro ao conceder uma visão mais ampla do mercado e antecipar-se às tendências. Delas, é necessário obter inspiração para novas abordagens e práticas, não só em relação ao produto ou serviço final, mas também nos processos internos.

A inteligência de mercado também oferece ferramentas para atrair e conquistar o consumidor, ao identificar e suprir suas necessidades, descobrindo os pontos fortes do seu produto e compreendendo como explorar as lacunas existentes. Uma destas lacunas pode ser a da comunicação, que acaba sendo otimizada ao entender melhor o consumidor, com quem é possível aperfeiçoar o atendimento e melhorar a qualidade do relacionamento com ele. 

Seguindo este raciocínio, para além do setor responsável pelo marketing e comunicação, a inteligência de mercado é útil de forma especial para a área de vendas, pois fornece a munição necessária para se destacar em relação aos concorrentes no contato com o consumidor final. Dados sobre o mercado, tendências e comparações, noções de preço e a mensuração da satisfação do cliente são informações extremamente úteis para aumentar a performance do time de vendas: destacar as vantagens comparativas do seu produto é uma abordagem muito útil no momento do convencimento, aumentando a captação de potenciais clientes e convertendo-os para seu negócio.

Como aplicar a inteligência de mercado nas empresas?

Apesar de o ideal ser contar com um profissional ou uma equipe especializada nessa função, há outras medidas que auxiliam na otimização dos processos da empresa e resultam em uma maior produtividade e competitividade. Veja a seguir:

  • Investir na automatização de processos operacionais, utilizando-se de ferramentas e softwares. Não faltam opções de recursos tecnológicos, e além de programas que facilitam o dia a dia da gestão da empresa, existem plataformas que podem realizar pesquisas de mercado direcionadas.
  • Capacitar a equipe: um time alinhado, com competências desenvolvidas e engajado na busca de um propósito comum torna o objetivo muito mais palpável de se alcançar. Assim, invista na qualificação dos seus funcionários e deixe claras as metas estabelecidas para a empresa, a fim de que todos se envolvam no processo e sintam-se parte do todo.
  • Acompanhar os concorrentes: como já mencionamos, é importante ter uma noção do que os demais players do mercado têm feito, pois ninguém quer ficar para trás, correto? Assim, deve-se considerar as atitudes dos concorrentes e usá-las como base para o seu negócio.
  • Absorver apenas o que é relevante: sabemos que informações são abundantes, ainda mais em uma era tecnológica, automatizada e integrada como a que vivemos. Assim, é importante filtrar os dados, considerando as variáveis que realmente impactam na sua empresa e aquilo que é possível de se alterar na circunstância atual. Não adianta criar perspectivas irrealistas.
  • Por mais óbvio que seja, conhecer seu mercado de atuação! Ao compreender as demandas dos clientes, você amplia seu conhecimento e se coloca à frente dos demais atores do nicho. É preciso estar alinhado com o seu consumidor.
  • Finalmente, saiba investir em estratégias de marketing. Dizem que “a propaganda é a alma do negócio”, então é imprescindível que a comunicação da sua empresa seja condizente com seus valores e objetivos, visto que pode ser o primeiro - e um dos principais - contatos dos clientes com a marca.

Para concluir

Sabemos que pode ser difícil dar um pontapé inicial pois, com tanta informação, às vezes não temos certeza de pôr onde devemos começar. Por isso, a Esag Jr. conta com profissionais que podem te ajudar a estruturar o setor de inteligência de mercado e trazer ótimos resultados para a sua empresa. Entre em contato e descubra todos os nossos serviços!

Compartilhar artigo
Quer mais novidades? Inscreva-se em nosso boletim para receber atualizações.
Digite seu e-mail...