re

Recrutamento: 9 passos para contratar a pessoa ideal para a sua empresa

É muito difícil encontrar o profissional correto para a sua empresa, não é mesmo? São recebidos inúmeros currículos e ficam-se dias analisando quem é a pessoa ideal para ocupar aquela vaga.

Contratações acertadas são fundamentais para a formação de equipes de alto padrão e consequentemente, para a longevidade, crescimento e sucesso dos negócios.

Paralelamente, escolhas equivocadas costumam causar uma série de prejuízos, como despesas adicionais com a rescisão de contratos, novas seleções e treinamentos, além de impactos negativos na produtividade e no clima.

Portanto, para facilitar essas questões, construímos passos para você fazer um bom processo de seleção e contratar a pessoa certa, pois vale ressaltar que sem pessoas não há resultados, são elas que destacam as empresas no mercado.

 

1º passo: Definir o perfil do candidato procurado

Aqui você deve definir as características que o candidato deve ter. Tarefas, conhecimentos, habilidades e valores que o cargo demanda e o candidato deve possuir.

 

2º passo: Divulgar a vaga para o público certo

Agora é a hora de você mostrar para as pessoas que está contratando, e para isso, existem diversos canais para divulgação da oportunidade de emprego. Plataformas de recrutamento e seleção, redes sociais e murais públicos são ótimas opções.

Mas é importante saber posicionar seu anúncio no lugar certo para evitar atrair pessoas com perfis incompatíveis com o procurado. Vale ressaltar que o anúncio deve ser atrativo e de fácil compreensão visual.

3º passo: Selecionar os currículos

Após o recebimento dos currículos, para evitar a perda tempo, é recomendável uma análise prévia e eliminação dos candidatos que não preencham os requisitos básicos, filtrando apenas os mais relevantes.

4º passo: Estabelecer o ambiente

Tome cuidado com a sala escolhida para a seleção, é interessante que ela seja acolhedora, com banheiro próximo, água, ar condicionado, etc. Isso contribuirá para a diminuição do nervosismo dos candidatos.

 

5º passo: Explicar o cronograma do processo e apresentar a empresa

Nessa hora você irá explicar aos candidatos como o processo irá ocorrer, quantas etapas terão, o tempo total de duração, quando será divulgado o resultado. Também é interessante comentar aspectos da história do negócio, missão, valores e tudo mais que é necessário saber sobre a empresa.

O mais importante é a transparência. Certifique-se que não existam dúvidas, possibilitando que o candidato realize perguntas ao final.

 

6º passo: Dinâmicas de grupo

Agora começam as dinâmicas, onde será avaliado o perfil do candidato e como ele lida com objeções. Tenha em mente que as dinâmicas têm como objetivo a observação de certos comportamentos adequados à vaga. Tome cuidado com candidatos arrogantes e que fingem comportamentos, isso é algo muito comum.

Confira aqui: O guia completo das dinâmicas de grupo

 

7º passo: Testes teóricos

Aqui, por meio de atividades escritas ou orais, o candidato deverá comprovar seus conhecimentos e habilidades, listados em seu currículo, essenciais para a vaga. Por exemplo, testes de português, inglês, Excel, etc…

 

8º passo: Entrevista Individual

Essa etapa deverá ser realizada com dois entrevistadores, um que conduzirá a entrevista e outro anotando os pontos chaves. Tenha o currículo em mãos, faça perguntas abertas, instigando-o falar.

Esteja atento às respostas do candidato para que sejam coerentes e concisas.

Muitos candidatos já chegam na entrevista com respostas ensaiadas para possíveis perguntas, por isso, é interessante ser disruptivo e diferente. Crie suas próprias perguntas, pois ao ser pego de surpresa, o candidato terá de ser espontâneo, e isso auxiliará na hora da sua avaliação.

Confira aqui “Questionário para entrevista de emprego: 10 perguntas essenciais”

 

9º Passo: Escolher o contratado

Chegou a grande hora! Após avaliação dos vários candidatos agora é a hora da decisão.

Comunique todos os finalistas sobre o resultado e disponibilize feedbacks, onde você comenta aspectos relevantes no processo, atitudes positivas e negativas analisadas, etc.

Confira aqui, “Feedback: A ferramenta essencial para fazer a sua empresa crescer”

Outro ponto importante aqui, é colocar os finalistas não selecionados no seu banco de talentos, pois, apesar de não terem sido escolhidos, podem ser de utilidade para a empresa no futuro.

 

 

Confira agora algumas considerações finais e dicas:

  • A cultura organizacional é essencial na contratação de novos talentos. É fundamental que as contratações sejam realizadas com base em um perfil ideal de candidato, que inclua todos os aspectos da cultura organizacional, a fim de assegurar o correto alinhamento entre as expectativas do profissional e da empresa. Saiba um pouco mais sobre cultura organizacional.
  • Uma boa reputação deve ser construída. Bons profissionais se atraem mais por boas empresas, é fundamental ter uma boa reputação para assegurar uma grande oferta de candidatos potenciais.
  • As pessoas certas devem estar nos lugares certos. Deve ocorrer uma identificação dos perfis dos candidatos de acordo com as áreas da empresa. Durante todo o processo, será possível identificar as atividades mais adequadas às diferentes pessoas.

 

Escritores:

171

 

 

 

 

 

 

 

 

181

 

 

 

 

 

 

 

 

191A (4)