Planejamento de Marketing

8 Conselhos para um Planejamento de Marketing de Sucesso

Um planejamento de Marketing de sucesso  é o segredo da prosperidade de muitas marcas. Você já deve ter se deparado com alguma máxima dessas, mas afinal o que é um plan de Marketing e o que você tem a ver com isso?

Bem, antes de mais nada é preciso entender o que significa Marketing.

Faça um exercício e tente descrever em 3 palavras o que esse conceito tão utilizado hoje em dia significa.

Pensou? Vamos lá!

Para nós da Esag Jr., muito mais do que uma propaganda ou aquele panfleto que você recebe no carro quando para no sinal, Marketing é entender o contexto em que a sua empresa se encontra e a forma correta de entregar o seu diferencial ao seu cliente.

Tá, peraí… Você deve estar pensando: “isso eu já ouvi muitas vezes, mas como fazer?”

Então, vamos parar por aqui e seguir para a parte do planejamento. Se tudo que é bem feito na vida precisa de planejamento, com o Marketing da sua empresa não é diferente.

Por isso vamos juntos desvendar o que esse tão complicado planejamento de marketing quer dizer na prática e desmistificar esse conceito.

Se planejar é antecipar (ou pelo menos tentar) o futuro e traçar maneiras de nos precavermos quanto ao que possa estar por vir, um bom planejamento de marketing significa construir uma trilha de sucesso para chegar ao seu cliente.

Pense na sua empresa como um trem pronto para partir e o seu cliente como uma estação no fim da linha. Por mais que o seu trem possa estar bem elaborado, preparado para a viagem e com tudo funcionando perfeitamente para levá-lo longe, você ainda precisa de um caminho que garanta que o mesmo alcance todo o seu potencial.

Esse caminho, sua trilha do sucesso, é o planejamento de Marketing! É ele que vai dizer por onde você deve passar, de que forma e com que período de tempo.

Ok, mas sendo mais pragmático o que isso quer dizer?

Quer dizer que para um bom planejamento você precisará de um planejamento de marketing bem elaborado, uma espécie de mapa para construção da sua trilha do sucesso, onde vão estar descritos todos os passos que a sua equipe de Marketing deverá tomar para que a empresa alcance os resultados pretendidos.

Agora que você já está bem ambientado quanto a alguns conceitos importantes, vamos aos tão aguardados conselhos de sucesso que te trouxeram até aqui!

Investigue o Seu Mercado Planejamento de Marketing

#1 – Investigue O Seu Mercado

Essa dica vale para qualquer negócio, independente do setor em que se encontra ou de quem é o seu cliente, para uma empresa alcançar resultados de excelência é fundamental estar atento ao que acontece no mercado a sua volta.

Certo, pode parecer um pouco óbvio falar sobre isso, mas você ficaria muito surpreso ao ver que a maioria dos empreendedores brasileiros, ou ainda gestores com anos de experiência, não dedicam um único momento da semana se quer para analisar o que anda acontecendo com os seus concorrentes, o que dirá analisar seu segmento de mercado.

Vamos por partes então. Segmento de mercado é a fatia do bolo onde a sua empresa está inserida, aqui nessa fatia que vão estar por exemplo, seus concorrentes diretos e indiretos.

Analisar o seu mercado é ver até que ponto alguém ou alguma coisa pode influenciar o seu negócio e identificar possíveis tendências que estão surgindo em outros locais e podem diferenciar sua empresa na sua região.

Sim, eu sei que no cotidiano é muito complicado tirar tempo do dia para cuidar dessa parte, as atribuições de quem gere o negócio são diversas e separar alguns momentos para se preocupar menos com atividades operacionais e mais com estratégia é difícil, porém experimente uma semana fazer um exercício.

Reserve duas horas do seu dia menos corrido e tente procurar na internet informações sobre o segmento de mercado em que você se encontra. Vamos pegar um exemplo de um restaurante: Você sabe como anda o crescimento do setor de alimentação fora de casa no país? O que as principais empresas do mercado estão fazendo para contornar a situação? Quais inovações destacaram restaurantes de outras cidades e fizeram suas marcas serem reconhecidas?

Lembre-se de que você é o dono do negócio e o principal interessado, quanto mais informação melhor!

Que tal firmarmos o compromisso de fazer esse exercício nessa semana ainda?

Sempre há tempo para correr atrás e mudar o curso do seu negócio.
Conheça o Seu Público Planejamento de Marketing

#2 – Conheça O Seu Público
Agora que você já sabe o primeiro conselho e assumiu o compromisso de correr atrás do prejuízo, vamos à segunda dica: Conheça O Seu Público!

“Ah, isso eu sei muito bem, sempre atendo pessoalmente meus clientes e dá para ver que eles estão felizes com o que eu faço”

Tudo bem, você pode estar atento aos seus clientes, mas realmente sabe o que eles pensam?

Muitas vezes o que percebemos ou ouvimos de nossos clientes reflete apenas uma visão superficial dos seus pensamentos e não a plenitude de suas opiniões. Ao termos um negócio, estamos sujeitos a identificar as reações de nossos clientes ao modo de atendimento, produtos e satisfação, porém em sua maioria são apenas resultados de algo maior, o qual não será especificado por um cliente a você seja por medo, desinteresse ou falta de oportunidade.

“Ta, então eu posso fazer uma pesquisa com meus clientes para saber se gostam ou não do meu negócio”

Sim! Mas não só isso!

Procure saber qual é o perfil do seu público quanto à hábitos e preferências, isso permitirá à sua equipe de Marketing alinhar seus produtos/serviços aos seus gostos e modo de pensar, agregando valor aos mesmos.

O ideal é saber dividir os diferentes públicos que frequentam ou consomem da sua empresa, identificando o seu público- alvo, aquele que é o foco do seu Plano de Marketing.

Quando você já tiver em suas mãos quem são os seus possíveis públicos e qual é o seu público- alvo, está na hora de partir para a parte mais importante: a definição de personas.

Como o nome já tendência, as Personas nada mais são do que uma representação do perfil e personalidade dos seus clientes. A tarefa de construção de personas não é algo fácil, exige cuidado e muita análise de dados para chegar ao resultado mais próximo da realidade.

Mas não se preocupe! Dê tempo ao tempo, reúna os dados coletados através de uma pesquisa de mercado, por exemplo, e vá atualizando suas Personas frequentemente. Essa “atualização” fará o papel de adequá-las melhor e remodelá-las até atingirem o perfil ideal.

Com o perfil finalizado, chega o momento de olhar para a sua empresa e mergulhar no conselho a seguir.
Posicionamento Planejamento de Marketing

#3 – Defina O Posicionamento do Seu Negócio

Esse é um dos segredos mais delicados e que define todo o sucesso do seu Planejamento de marketing  daqui para frente!

Você já dever ter ouvido falar que um negócio precisa estar alinhado ao que o seu cliente deseja não é mesmo?

Pois bem, ouvimos falar sobre posicionamento quando procuramos informações sobre marketing, mas poucos lugares deixam claro para micro e pequenos empreendedores, principalmente aqueles que trabalham com serviços, a forma com que o construímos adequadamente.

Imagine que alguém te leva a uma porta do sucesso e lhe promete que ao passar por ela você viverá em um mercado inexplorado, sem concorrentes e repleto de consumidores ávidos pelo seu negócio! Que maravilha, não é mesmo?

Antes que você me pergunte que porta é essa e onde você pode encontrá-la, eu gostaria de provocá-lo um pouquinho: Será que você tem a chave para abrir essa porta do mundo de oportunidades?

De que adianta uma porta para um paraíso se ninguém possui o modo de chegar até lá?

É aí que entra o posicionamento! Ele é a chave que abre essa porta e leva a sua empresa a um mercado onde o seu diferencial é único e desejado. Você só chega até ele se sabe quem são e como agem os seus clientes.

Está vendo como as coisas se interligam?

Um posicionamento bem desenvolvido é a chave perfeita para essa fechadura, existe só uma e somente ela pode fazer o seu negócio se destacar dentre tantos.

Você tem as informações, certo? É só saber usá-las para corrigir a forma com que a sua empresa age e se comunica.

Vamos para um exemplo prático:

Volte a pensar naquele restaurante de antes, vamos supor que muitos frequentadores dele são jovens, estudantes e comem diariamente no almoço em restaurantes da região.

Você fez uma pesquisa e descobriu qual é o perfil predominante e o que este valoriza. Vamos supor que um dos pontos verificados é a demanda por locais de almoço baratos, porém muitos sentem falta de um local com decoração e atendimento diferenciado.

Esta é a sua deixa!

Você já sabe que o preço é um fator importante para ser levado em consideração, mas assim como você sabe, muitos concorrentes também sabem. Contudo, uma queixa desse público é um local com alguma temática própria, não apenas restaurantes no padrão típico da região. Logo, você tem uma informação única e poderosa, pois esta pode ser uma maneira de fidelizar um público frequente no local e que pode vir a ter presença garantida todos os dias!

Reúna todas as informações existentes e posicione a sua empresa frente ao mercado: diga adeus ao Restaurante padrão e barato como qualquer outro da região e abrace a ideia de ser o Restaurante temático e barato da região!

Mas lembre-se que se posicionar não é só cuidar de decoração, posicionamento está presente nas ações de marketing realizadas pela empresa (divulgação por mídias sociais, flyers, parcerias com outras lojas) e acima de tudo:

Se posicionar é abrir mão!

Não tente abraçar todos os públicos possíveis, isto só irá fazer com que você tenha clientes infiéis que não veem diferença no que você faz e não estão totalmente satisfeitos com os seus produtos/serviços. Agora foque em um público-alvo que sabe o que quer e garanta uma chuva de clientes fidelizados e 100% satisfeitos.

Com o passar do tempo você perceberá que a melhor ação de marketing possível serão os próprios clientes que promoverão a sua marca!
Produto Diferenciado Planejamento de Marketing

#4 – Tenha Um Produto Diferenciado

A base para um bom planejamento de Marketing é ter itens de diferenciação a serem utilizados para promover a marca. Tudo começa com o seu produto!

Sim, produto mesmo porque aqui também entram os serviços. Estamos falando de um valor agregado que ninguém mais no mundo, independente de se ter algo parecido, possui. Essa é a sua proposta de valor, tão reverenciada no mundo do Marketing.

Para quem é dono ou gestor de algum negócio pode até parecer uma ofensa supor que o seu produto não é diferenciado, mas será que realmente ele apresenta algum diferencial concreto?

Faça mais um exercício, elenque todos os itens de diferenciação do seu produto e verifique o que realmente é aplicado no dia-a-dia. Se o seu caso for uma empresa do ramo de serviços e você estiver tendo dificuldade, procure pensar na sua forma de atendimento, existe algo que transporta o seu cliente para uma nova experiência? Se sim essa experiência é o que a sua empresa planeja entregar como valor agregado? Reflete o que você e a sua marca pensam?

Caso você esteja com dificuldades em elencar itens, pode ser um sinal de que o seu produto não é tão diferente assim. Mas não se desespere! Isso significa que você possui muito espaço para criar!

Pegue as informações verificadas nas etapas anteriores como tendências do mercado, características dos concorrentes e hábitos do seu público-alvo, junte tudo e construa o seu verdadeiro diferencial.

Você possui todas as cartas do jogo, basta saber jogar!

Pois bem, agora que você investigou o seu mercado, conheceu o seu público-alvo, definiu o seu posicionamento e desenvolveu a sua proposta de valor, está quase pronto para finalizar o seu planejamento de Marketing.
Tenha Objetivos e Metas Claras Planejamento de Marketing

#5 – Tenha Objetivos e Metas Claras

Como se faz um planejamento se não sabemos onde chegar?

A frase acima é a mais pura verdade e toda boa equipe de marketing sabe disso. Se eu quero aumentar as minhas vendas ou comunicar melhor uma ideia eu preciso ter muito claro qual resultado vai representar isso e me deixará satisfeito, essa é a sua meta.

Ao definir uma, mantenha-se atento ao seu objetivo final e se o mesmo faz sentido de acordo com o posicionamento que você pretende passar com a sua marca.

No começo os objetivos serão mais fáceis de elaborar e as metas podem parecem difíceis de definir com informações iniciais, mas pratique e atualize suas metas para melhorar o seu desempenho com o passar do tempo!

Quer definir objetivos e metas para o seu negócio? Baixe agora a Planilha de Objetivos, Metas e Indicadores para MPEs!


Estratégias Planejamento de Marketing

#6 – Elabore Estratégias no seu planejamento de marketing

Após definir seus objetivos e metas, é preciso encontrar a forma de alcançá-los, ou seja, as estratégias de marketing que vão fazer o papel de impulsionar a sua empresa.

Essas estratégias devem englobar desde o relacionamento da empresa com seus clientes a até mesmo a forma com que o seu produto/serviço é entregue, passando pelos seus preços cobrados e a comunicação necessária para divulgar os diferenciais desenvolvidos.

Fique atento para separar estratégias com efeito de curto e longo prazo, pois exigirão ações mais ou menos emergenciais. Pense nas prioridades para o seu negócio hoje e o que é mais valorizado pelo público-alvo para elencá-las como AC. Com o passar do tempo você irá zerar suas prioridades iniciais e estará pronto para investir em ações mais elaboradas e duradouras.

O importante é ter muito claro os recursos necessários para realização de cada ação, sejam eles financeiros ou de tempo. Liste cada um destes orçamentos e adeque à realidade da sua empresa, mas lembre-se que investir em marketing requer um equilíbrio entre ter pés no chão e imaginação.

Você não precisa comprometer a saúde financeira do seu negócio, mas também não pode deixar de lado seus clientes que estão a todo momento em contato com o mercado e suas mudanças.
Tenha Prazos Bem Definidos Planejamento de Marketing

#7 – Tenha Prazos Bem Definidos

Este segredo quem trabalha com marketing provavelmente já conhece: tempo é vital e faz a diferença para se manter vivo no mercado.

Quando estiver acabando o seu planejamento, analise o horizonte temporal em que você deseja aplicá-lo, ou seja: até quando o seu planejamento de Marketing estará válido e quando será preciso refazê-lo?

Os diversos cenários do mercado estão em constante mudança e uma variável pode interferir completamente no planejado, mas ter uma ideia do seu tempo de validade permite a você ou sua equipe manter-se atento e ter ações preventivas.

Pense bem:

As estratégias que definimos podem ser alcançadas em 2, 3 ou 4 anos? Em quais meses eu vou realizar as ações X, Y e Z?

Analise e Controle Resultados Constantemente Planejamento de Marketing

#8 – Analise e Controle Resultados Constantemente

Finalmente você está com o seu planejamento de Marketing praticamente concluído, mas uma dica essencial precisa ser levada em consideração na hora de implementá-lo.

Na hora de tirar do papel não basta fazer tudo o que foi pensado nas etapas descritas anteriormente e sim controlar o que veio de reação!

Antes você já definiu os dados que representarão seus resultados, agora precisa saber de que maneira vai coletá-los, quem ficará responsável, qual será a sua frequência, como vai ser analisado…

Organize tudo isso no seu planejamento, deixe bem claro a todos os colaboradores e principalmente a sua equipe de marketing se possuir uma.

Faça testes e corrija possíveis erros, muitas ideias de sucesso só surgirão de acordo com tentativas e isso é normal, o planejamento existe para te dar um norte!

Um bom exemplo de forma de controle é definindo indicadores de resultado como o ROI – retorno sobre um investimento específico. Este indicador pode ser inclusive mensurado definindo uma meta como comentado anteriormente, o importante é estar atento ao que se aplica melhor ao cotidiano do seu negócio.

Planejamento por si só não traz resultado.

Pronto! O seu tão aguardado planejamento de Marketing está finalizado!

Hora de esperar a minha empresa crescer não é mesmo? Errado!

Essa é a hora de partir para a prática! Arregace as mangas e mãos à obra!

Não se sente totalmente confiável? Procure ajuda, leia mais materiais, mas acima de tudo não deixe o seu plano de Marketing parado, guardado na gaveta.

É a sua implementação que trará resultados reais para o seu negócio e fortalecerá a sua marca no mercado!

Boa Sorte!

Diagnóstico Gratuito

William Andrade

William Andrade

Gerente de Projetos em Esag Jr. Consultoria em Administração
Graduando em Administração Empresarial
William Andrade

Últimos posts por William Andrade (exibir todos)