imagem11

Ignorar um Plano Financeiro pode Custar Caro

Planejar consiste em avaliar a realidade na qual uma empresa está inserida, traçar caminhos e elaborar ações para o alcance de um destino. Em um mundo onde a única certeza é a incerteza da estabilidade econômica, ter um plano financeiro da sua empresa tornou-se essencial para facilitar o gerenciamento e garantir a sobrevivência de determinada organização.

 

empreendedorismoFuturo-581x326

 

O plano financeiro deve apresentar uma projeção de como a empresa se comportará em um determinado período de tempo a partir da definição de cenários. Os diversos cenários que poderão ser definidos no plano financeiro devem abranger uma visão ampla da situação em que a empresa está no momento. Quando uma empresa já existe o* plano financeiro é estruturado a partir de dados históricos que a mesma possui. Em contrapartida, em uma empresa que ainda não existe, o plano financeiro pode ser embasado a partir de projeções, metas de vendas e dados econômicos do mercado.

 

O plano financeiro elaborado em um plano de negócios é a etapa em que se analisa a viabilidade do negócio por meio de demonstrativos que estimarão a lucratividade da empresa e por meio de indicadores que mostrarão, por exemplo, quando o capital investido terá retorno (Payback). A partir dos resultados, os clientes terão mais embasamento para tomada de decisão na hora de decidir se realmente abrirão o negócio planejado. E, Peter Drucker já afirmava que preparando-se para o inevitável a empresa poderá prevenir-se do indesejável e controlar o que for controlável. Assim, a probabilidade de não fazerem parte dos 70% das empresas que não sobrevivem aos primeiros 5 anos de vida, de acordo com o Sebrae, será maior.

 

Dessa forma, é imprescindível, principalmente para as empresas que abrirão, realizar um plano financeiro a fim de minimizar possíveis problemas que a empresa poderá enfrentar em sua abertura e aumentar a probabilidade de sucesso da mesma.