Descubra como alinhar a cultura da sua empresa

Você gostaria que seus funcionários fossem mais motivados, engajados e entregassem mais resultados?

Uma empresa sem uma cultura alinhada é o mesmo que um barco sem rumo. Por mais clichê que esta expressão seja, é justamente assim que os membros de sua organização se sentem.

Dessa forma, essa falta de direção faz com que haja frequentes conflitos, produtividade abaixo do esperado e dificuldade de selecionar os profissionais ideias. Assim, situações em que os membros da empresa tomam decisões que não condizem com os princípios da mesma são constantes, o que prejudica tanto o dia a dia da organização, quanto os resultados apresentados.

Este é, por muitas vezes, um sintoma de uma cultura organizacional desalinhada, e é desse assunto que trataremos daqui para frente.

demotivacao

A cultura devora a estratégia no café da manhã

De uma forma bem breve, a cultura organizacional é formada pelos hábitos, crenças, normas e atitudes daqueles que fazem parte da empresa. Deste modo, estabelece a base comportamental dos membros.

Partindo do ponto que toda empresa tem sua cultura, qual é a diferença entre elas?

A grande diferença está relacionada a dois importantes pontos:

  • A cultura segue os princípios das lideranças da organização?
  • Ela está formalizada?

Caso algum dos pontos não estejam presentes, sua empresa corre alguns riscos. Pois, do que adianta ter metas audaciosas, se as pessoas que terão de alcançá-las não entendem o propósito delas.

Company Culture

Aprenda como formalizar sua cultura empresarial

Você provavelmente já ouviu falar sobre assuntos como negócio, missão, visão e valores. Estes itens fazem sim parte da formalização da cultura (e serão abordados aqui), mas não englobam utilidade por si só. Ou seja, não conseguem sair do papel quando isolados.

Para isso, utilize dos benefícios do Planejamento Estratégico. Essa metodologia de gestão auxilia em dúvidas como:

Você sabe onde quer chegar? Sabe exatamente como chegar? Quais são suas maiores ameaças? Qual é o perfil ideal de funcionários que devo contratar?

Compreendido estes pontos, vamos à prática! Para isso, siga o passo a passo a seguir:

 

1. Diagnóstico Interno e Externo

Matriz SWOT

Para que se possa entender a realidade da sua empresa, necessita-se estudá-la e compreender o que está em seu entorno.

Dessa forma, aconselhamos você a utilizar da Matriz Swot para identificar 4 pontos clássicos:

  • Forças: Quais fatores que fazem com que sua empresa seja competitiva e diferenciada no mercado?
  • Fraquezas: No âmbito interno, o que prejudica a organização tanto a alcançar resultados, quanto a convivência diária?
  • Oportunidades: Quais são as lacunas enxergadas hoje no mercado, que a sua empresa poderia adentrar e faturar com menos concorrência?
  • Ameaças: Quais fatores do mercado e comportamentos da sociedade mais trazem incertezas para o futuro da empresa?

2. Negócio, Missão, Visão e Valores

Aqui se encontra a alma da cultura organizacional, na Esag Jr., por exemplo, vivenciamos nossa cultura formalizada diariamente, e sem dúvida nos torna uma empresa muito mais confiante e competitiva. Inicialmente, o Negócio expõe os benefícios que a sua empresa gera ao seu cliente.

Desse modo, este item deve ser exposto em uma frase curta, que resume e inspire tanto seus funcionários quanto seus clientes.

Trouxemos alguns exemplos:

“Puro prazer em dirigir” (BMW).

“Organizar as informações do mundo” (Google).

Posteriormente, a Missão tem como objetivo transmitir a identidade da empresa. Então, deve-se desenvolver uma frase, não necessariamente curta, que consiga responder o porquê de sua organização existir. Isto é, a razão de ser de sua empresa.

Como um exemplo pode-se citar a Microsoft:

Ajudar as pessoas e empresas em todo o mundo a concretizarem todo o seu potencial”.

Já a Visão se assemelha a uma meta. Assim, deve-se transmitir como a empresa deseja ser reconhecida no futuro. O tempo para ser alcançada a visão é proporcional ao sonho grande da empresa. Desse modo, estima-se que seja estipulado um intervalo de no mínimo 1 ano. Assim, é notável que a Visão é mais maleável quando comparada a Missão. Ou seja, é alterada com certa frequência.

Para um bom exemplo de Visão, temos a Cacau Show, que expõe de forma destrinchada onde deseja chegar:

“Ser a maior e melhor rede de chocolates finos do mundo, oferecendo aos seus clientes e parceiros uma relação duradoura, com foco no crescimento, rentabilidade e responsabilidade socioambiental”.

O papel dos Valores é expor os princípios intrínsecos de quem fundou ou lidera a organização. Desse modo, a melhor forma de formulá-los é pensar em palavras que os resumem, e então, destrinchar frases que expliquem a lógica de cada um.

3. Culture Code

De nada adianta possuir uma cultura destrinchada se não conseguir transmiti-la da melhor forma. Para isso, utilize de uma apresentação para seus funcionários que os engaje e transmita a razão de ser do local onde trabalham, o diferencial, onde querem chegar e por quais valores eles serão embasados nesta trajetória.

culture code

culture code

Este é um exemplo de Culture Code que realizamos em um projeto na Esag Jr. Assim, através de um slide show, foi transmitido aos sócios todos os conceitos que iriam embasar a cultura da empresa de uma forma dinâmica e visual.

Além disso, grandes empresas também costumam utilizar culture code. Um exemplo é a Netflix, que em sua principal página de empregos, disponibiliza o conteúdo para os visitantes interessados. Dessa forma, já no contato, se pode entender como funciona a cultura da empresa.

culture code netflix

Agora, o que devo fazer com tudo isso?

 

Depois de se dedicar para entender tudo o que influencia sua empresa, destrinchar os pilares de sua cultura e transmitir de forma engajadora, chegou a hora de testá-la e colocá-la em prática através dos “comos”.

Desse modo, o Planejamento Estratégico é responsável também por dar os direcionamentos de como alcançar seus objetivos através de uma cultura sólida. Ou seja, engloba tanto a estratégia, quanto a cultura.

Para isso, essa metodologia utiliza de ferramentas como a Matriz BSC, da OKR (objetivos e resultados-chave) e de planos de ação como a ferramenta 5W2H.

Mas, tudo isso é assunto para uma nova conversa…

Formalize sua cultura agora!

como fazer um planejamento estratégico na prática

 

 

Escritor:

Arthur de Abreu