conceito-de-teoria-dos-jogos-e-a-importancia-para-a-sua-empresa

Traçando a Estratégia da sua Empresa a Partir da Teoria dos Jogos

A teoria dos jogos é uma série de ensaios dentro da Economia que atuam sobre expectativas e comportamentos. No seu núcleo, trata da cooperação. É uma análise matemática de situações que envolvam interesses em conflito, a fim de indicar as melhores opções de atuação para que seja atingido o objetivo desejado. O foco da teoria é muito amplo, podendo se relacionar a temas da economia, política, sociologia e ciência militar e, até mesmo, a estratégia da sua empresa, porém sua origem está em jogos muito conhecidos, como o xadrez e o pôquer.

 

Os primeiros textos sobre a Teoria dos Jogos foram criados pelo matemático francês Émile Borel, que lançou as raízes do estudo. Entretanto, foi o matemático americano John Von Neumann e o austríaco Oskar Morgenstern aqueles que criaram, na década de 20, uma teoria matemática apurada misturando economia e organização social aos jogos de estratégia. Na estratégia das empresas, a teoria dos Jogos é aplicada em diversas áreas, como logística, política, negociações salariais e relações internacionais.
Cada vez mais as empresas estão utilizando a ciência da Teoria dos Jogos para ajudá-los a tomar decisões estratégicas de auto risco em mercados altamente competitivos. Alguns exemplos de relações do tema com o dia-a-dia das empresas: estratégias adotadas e suas consequências, o compromisso dos contratos, as alianças possíveis entre os indivíduos (“jogadores”), entre outras.
O conceito de Teoria dos Jogos é muito importante para a estratégia da sua empresa. Abaixo, levantamos o dilema dos prisioneiros, uma ótima metáfora para o problema da cooperação entre as pessoas dentro de organizações.

 

Dilema dos prisioneiros

dilema-dos-prisioneiros-conceito-de-teoria-dos-jogos

De todos os temas e jogos explorados por essa teoria, o exemplo do Dilema dos Prisioneiros é o mais comum por ser simples e realista. Trata-se de uma situação fictícia na qual dois conspiradores e cúmplices de um crime são presos e colocados em celas separadas e sem comunicação. Eles devem escolher a opção que mais lhes favoreça em um interrogatório, mas o detetive lhes oferece um acordo: se apenas um deles confessar, estará livre e o outro pegará dez anos de cadeia.

Se nenhum dos dois confessar nada, ambos ficarão presos por cinco anos. E ainda, se os dois confessarem, cada um ficará oito anos na prisão. O dilema desse caso é que a melhor opção para um dos suspeitos, que seria confessar o crime, pode ter consequências bem diferentes para os dois ao mesmo tempo. Porém, se mantiverem o silêncio, o destino será desagradável para os dois.

Planejamento Estratégico na Prática para sua Organização

Estratégia da sua empresa

estrategia-da-sua-empresa-conceito-de-teoria-dos-jogos

Como se pode prever em várias ocasiões, a melhor decisão individual pode prejudicar o grupo em sua totalidade. E também, se a situação se entender a muitas pessoas e todos se esforçarem para conseguir um bom resultado para a empresa, é comum que um deles se esforce menos, conseguindo, ao final, o mesmo benefício sem esforço.
Sabendo mais sobre a Teoria dos Jogos, você pode utiliza-lá para a definição da estratégia da sua empresa, na medida em que fornece um instrumento analítico, capaz de nortear as organizações sobre as possíveis reações dos concorrentes aos seus movimentos e como proceder diante de tais reações.

 

Gostou da Teoria? Comente abaixo o que achou e assim podemos sempre melhorar!