Análise SWOT

Análise e Matriz SWOT – Confira o que é e como montar!

A análise SWOT é um sistema relativamente simples de administração que detalha e posiciona estrategicamente uma organização em seu ramo de atuação. O termo SWOT é derivado das palavras em inglês Strenghts, Weaknesses, Opportunities e Threats, que significam, respectivamente, forças, fraquezas, oportunidades e ameaças. No Brasil, é também conhecida por “Análise FOFA”.

Em tempos incertos, a Matriz SWOT cai como uma luva para definir uma empresa em relação ao que se verifica de mais importante no mercado (seja a nível local ou global) e a entender a posição comparada a concorrentes, conferindo mais confiança, segurança e força para lidar com os imprevistos e situações desafiadoras. Assim, é extremamente aplicável ao planejamento estratégico, facilitando a visualização das características que fazem parte da sigla em uma matriz.

Devido a simplicidade e abrangência da metodologia, a SWOT pode ser utilizada para fazer qualquer tipo de análise de cenário ou ambiente, desde a criação de uma pequena empresa à gestão de uma multinacional ou organização governamental.

Ambiente Organizacional

O macroambiente empresarial assume muitas formas diferentes. Querendo ou não, as organizações dependem de um contexto para sobreviver, manter-se, crescer e desenvolver-se. É do ambiente que as organizações obtêm recursos e informações necessários ao seu funcionamento e é no ambiente que colocam o resultado de suas operações. Embora alguns ambientes ainda possam ser relativamente simples e estáveis, outros tendem a ser muito mais complexos e dinâmicos por natureza. Assim, as organizações são concebidas como parte de um universo ou ambiente maior, já que qualquer coisa que acontece no ambiente maior pode afetar a organização e vice-versa.

Análise do Ambiente Interno

O ambiente interno propõe a identificação de qualidades e deficiências em relação aos concorrentes e ao mercado. Nesta etapa, devem ser estudados o contexto da companhia e as ações a serem realizadas, tomando como base aspectos de pessoal, de marketing, de produção, financeiro e organizacionais (comunicação, estrutura, políticas, etc.). Uma outra maneira de pensar sobre isso é imaginar os elementos que estão sobre o seu controle, ou seja, você consegue decidir se mantém ou não.

Forças

São as aptidões mais fortes de sua empresa. Para defini-las, responder a algumas perguntas relacionadas podem ajudar:

  • Quais as suas melhores atividades?
  • Quais seus melhores recursos?
  • Qual sua maior vantagem competitiva?
  • Qual o nível de engajamento dos clientes?

forçasAs forças também podem ser elementos internos que trazem benefícios para o seu negócio:

  • Qualidades específicas de sua equipe;
  • Posse de uma certa quantidade de ativos (imóveis, equipamentos modernos, etc.);
  • Localização privilegiada;
  • Relacionamentos/parcerias estratégicas;
  • Modelo de cobrança.

Fraquezas

As fraquezas são as aptidões que interferem ou prejudicam de algum modo o andamento do negócio. É importante haver sinceridade nesta etapa da análise. As fraquezas para sua Análise SWOT podem ser identificadas utilizando os seguintes exemplos de perguntas:

  • A mão-de-obra é capacitada?
  • Existem lacunas de treinamento?
  • Por que a concorrência foi escolhida?
  • Por quê meu engajamento não funciona?

fraquezasOutros exemplos de fraquezas a serem analisadas:

  • Produto altamente perecível;
  • Matéria prima escassa;
  • Equipe desmotivada;
  • Tecnologia ultrapassada;
  • Falhas no processo de venda/entrega.

Análise do Ambiente Externo

A análise externa tem como objetivo a identificação de oportunidades e ameaças que num determinado momento se colocam diante da empresa e as melhores maneiras de evitar e usufruir dessas situações. A organização deve olhar para fora de si para identificar previsões e como refleti-las sobre o seu planejamento estratégico.

Oportunidades

São forças externas que influenciam positivamente a empresa. Não existe controle sobre essas forças, já que podem ocorrer de diversas formas. Porém, devem ser feitas pesquisas ou planejamentos que prevejam minimamente o acontecimento desses fatos. Exemplos:

  • Mudanças na política econômica do governo;
  • Alteração em algum tributo;
  • Investimentos externos;
  • Ampliação do crédito ao consumidor;
  • Tendências que envolvem o comportamento do consumidor;
  • Acesso à uma nova tecnologia;
  • Produto complementar ao seu a ser lançado;
  • Evento do seu setor de atuação que melhorará os negócios.

Ameaças

Ao contrário das oportunidades, as ameaças são forças externas que influenciam negativamente a empresa e devem ser tratadas com muita cautela, pois podem prejudicar não somente o planejamento estratégico da companhia, como também diretamente em seus resultados. Exemplos:

  • Algum projeto ou lei ou regulamentação que afete a sua atuação;
  • Escassez de mão-de-obra.
  • Facilidade de entrada de concorrentes;
  • Fornecedores falindo;
  • Economia em recessão;
  • Sazonalidade ou impacto climático;
  • Catástrofes naturais;
  • Mudança negativa nos hábitos de compra do seu público-alvo;
  • Mudanças drásticas no mercado-alvo.

Exemplo de Análise e Matriz SWOT: McDonald’sExemplo de Matriz SWOT

Pra te ajudar: template de Matriz SWOT grátis

Agora que você já tem mais conhecimento sobre o que é e como é estruturada uma matriz SWOT, faça a análise e monte a matriz da sua organização com esse Template de Matriz SWOT!

Template Matriz SWOT

Otávio Pacheco

Diretor de Marketing em Esag Jr. Consultoria em Administração
Graduando em Administração Empresarial